Você pode beber álcool em uma dieta baixa em carboidratos?

ANÚNCIO

ANÚNCIO

Dietas com pouco carboidrato tornaram-se recentemente cada vez mais populares como uma maneira eficaz de perder peso e melhorar a saúde. Elas geralmente envolvem o corte de alimentos ricos em carboidratos, como grãos refinados, frutas, legumes ricos em amido e, se concentram na ingestão de gorduras e proteínas saudáveis.

No entanto, muitas pessoas não sabem se o álcool pode ser consumido com uma dieta pobre em carboidratos, e as recomendações sobre o assunto podem ser conflitantes. Muitos tipos de álcool são ricos em carboidratos – alguns contêm mais carboidratos por porção do que refrigerantes, doces e sobremesas.

Você pode beber álcool em uma dieta baixa em carboidratos?

Por exemplo, a cerveja normalmente tem um alto teor de carboidratos, pois o amido é um de seus principais ingredientes. Geralmente, contém de 3 a 12 gramas de carboidratos por porção de 355 ml, dependendo de vários fatores, como uma variedade leve ou regular. As bebidas mistas também costumam ter alto teor de carboidratos devido a ingredientes como açúcar, suco e outras misturas ricas em carboidratos adicionadas para melhorar o sabor.

O álcool é rico em calorias vazias, o que significa que ele contém muitas calorias sem vitaminas, minerais e outros nutrientes essenciais que seu corpo precisa. Isso não só pode contribuir potencialmente para deficiências nutricionais, mas também pode levar ao ganho de peso ao longo do tempo.

Você pode beber álcool em uma dieta baixa em carboidratos?

O álcool é o segundo nutriente mais denso em calorias após a gordura – acumulando 7 calorias por grama. Adicionar até uma única porção de álcool à sua dieta todos os dias pode adicionar centenas de calorias extras, além de contribuir com quase nenhuma proteína, fibra ou micronutrientes.

Clique em “Próximo” para ler o restante do conteúdo da postagem.