Início Bizarro

Bebê recém-nascido comido vivo por ratos na incubadora de hospital

Apenas quando você pensou que estar grávida não poderia ficar mais difícil, uma história como essa aparece.

Os futuros pais passam inúmeras horas passando por aulas de parto e respiração, além de muitas noites agitadas acordando em pânico, pensando em um problema em sua rota planejada para o hospital.

Tendo acabado de ficar com minha irmã quando teve seu segundo filho, tudo isso está fresco em minha mente.

Mas para um casal na Índia, eles sobreviveram a todos esses ensaios e tribulações. A mãe, Lakshmi Babu, acabara de dar à luz um filho de quatro quilos e meio. Mal sabia ela que três dias depois, seu adorável menino seria comido vivo por ratos enquanto estava deitado na incubadora do hospital.

Quando Lakshmi e seu marido, Chavali, correram para o Hospital Geral do Governo em Guntur, não havia indicações de que eles passariam por uma das experiências mais traumáticas que qualquer pai poderia ter.

Desde que o menino nasceu pouco mais de um mês prematuro, seus pulmões estavam fracos e ele rapidamente desenvolveu complicações respiratórias. A criança foi levada à enfermaria de pediatria para cuidados especiais e colocada em uma unidade de incubação para sua recuperação.

Devido às regulamentações do hospital, os pais do menino não podiam ficar perto de sua incubadora, mas, à medida que continuavam acompanhando e monitorando a saúde do filho, perceberam que havia vários ratos na enfermaria.

Eles alertaram um administrador do hospital, Dr. Venugopala Rao, que fez um pedido ao departamento de engenharia para consertar o buraco no teto em que os ratos estavam entrando.

Pouco mais foi pensado nos ratos até o dia seguinte, quando Chavali ouviu o filho gritar e pediu a uma das enfermeiras que o examinasse. As enfermeiras atrasaram esse pedido, apesar dos gritos do garoto continuarem com crescente urgência.

Quando finalmente foram à incubadora, descobriram que havia dois ratos dentro que haviam mordido alguns dos dedos da criança, parte das pernas e a maior parte do olho esquerdo. Embora a criança tenha sido levada às pressas para a unidade de terapia intensiva (UTI), havia poucas chances de recuperação. Infelizmente, a criança morreu no dia seguinte.

Para tornar essa tragédia ainda mais bizarra, enquanto o governo de Andhra Pradesh está conduzindo um relatório sobre o incidente, o pai que havia perdido recentemente o filho foi interrogado.

Segundo ele, depois que seu filho foi declarado morto, um administrador de hospital tentou animá-lo, lembrando-lhe que ‘você tem outro filho’. Até que a investigação do governo esteja concluída, Rao e o administrador são suspensos.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Weird Asia News