As bandeiras mais loucas do mundo

Todo mundo conhece as bandeiras do Brasil, EUA, França e muitas outras. Contudo existem muitas outras bandeiras malucas pelo mundo que você nunca deve ter visto por aí:




Moçambique

Flag_of_Mozambique.svg

A bandeira de Moçambique foi adotada em 1983 e é a única do mundo a ter um rifle moderno estampado em seu design. Esse país foi uma colônia de Portugal até 1975, quando conseguiu sua independência. Muitas das lutas para a liberdade envolveram um grupo revolucionário, que usava a AK-47 nas batalhas, por isso a arma acabou entrando na versão final da bandeira.




Líbia

Flag_of_Libya_(1977-2011).svg

Entre 1977 e 2011, a Líbia teve a bandeira mais preguiçosa do mundo. Ela era feita apenas de um retângulo verde. Não existia nenhum detalhe a mais! Ela foi escolhida pelo líder político Muammar Gaddafi, que selecionou o design porque a cor verde simboliza o islã. Após sua queda, a antiga bandeira voltou a ser usada:

Flag_of_Libya.svg




Nepal

Flag_of_Nepal.svg

A bandeira no Nepal não segue o padrão das demais. Em vez de um quadrilátero, ela é composta por dois triângulos, que se unem no meio. A ideia por trás dessa bandeira é a união de duas bandeirolas, que representam os dois ramos da Dinastia Rana, que governou o Nepal entre 1846 e 1951.




Ilha de Man

Flag_of_the_Isle_of_Mann.svg

Localizada no mar da Irlanda, essa pequena ilha, conhecida como Ilha de Man, é um pequeno estado depente da Coroa Britânica. O país em si não chama muita atenção, mas a bandeira é uma das mais estranhas do mundo.

Ela é apenas um retângulo vermelho, mas em seu centro existe uma espécie de estrela de três pontas, constituídas de pernas… Conhecido como tríscele, esse símbolo tem origem na antiguidade. Ele aparece na cultura Celta e na Antiga Grécia, onde ele aparecia em escudo junto com o rosto da Medusa.




Arábia Saudita

800px-Flag_of_Saudi_Arabia.svg

A bandeira da Arábia Saudita é bem conhecida, mas poucos conhecem seu significado. O fundo verde, assim como na antiga bandeira da Líbia, representa o islã. Já a espada representa o primeiro rei que o país teve. E os escritos nela são a declaração mais sagrada os islã. Em árabe, eles dizem: “La ilaha Ilallah Muhammadar Rasululah”, que pode ser traduzido como: “Não há deus senão Alá, e Maomé é o seu mensageiro”.

Por causa dessa frase sagrada, a bandeira não pode ser representada em camisas ou qualquer outro objeto, além disso, ela nunca é coloca a meio mastro, mesmo em situações de luto.




Gibraltar

Flag_of_Gibraltar.svg

A bandeira de Gibraltar é bem diferente do comum. Ela tem um castelo vermelho com três torres, representando o Reino da Castela, um poderoso reino medieval, que dominou uma grande parte da Europa entre 850 e 1230.

Já a chave é um símbolo usado por causa da localização de Gibraltar. Esse pequeno país fica bem no estreito que une a Europa a África, assim como permite o acesso ao Atlântico para diversos países do sul-europeu. Isso faz com que esse país seja a porta da Europa, por isso a chave em sua bandeira.

Receba mais em seu e-mail
Topo