A Ascensão Skywalker: Kevin Smith, conta o que achou do filme

ANÚNCIO

ANÚNCIO

O cineasta Kevin Smith foi um dos primeiros a ver Guerra nas Estrelas: A Ascensão do Skywalker na estréia do Los Angeles Chinese Theatre. Logo após o término, ele compartilhou seus pensamentos sobre o capítulo final da saga Skywalker.

“O filme em si é épico e, embora eu não possa dizer nada até que o embargo seja suspenso, posso dizer que adorei”, escreveu Smith no Facebook. Ele também provocou um momento que o levou de volta a 1977, ano em que A New Hope foi lançado, apresentando Chewbacca e mencionou que o diretor JJ Abrams “trouxe o Falcon de volta para um pouso seguro e reuniu alguns de nossos velhos amigos novamente”.

A Ascensão Skywalker: Kevin Smith, conta o que achou do filme

“The Rise of Skywalker começa um ano após os eventos de O Último Jedi, e o marketing do filme se apóia fortemente no relacionamento entre Kylo Ren e Rey, no retorno do Imperador Palpatine e na primeira aventura com Rey, Finn e Poe juntos como um time. O primeiro trailer continha muitas chamadas de retorno para cenas clássicas da saga, e o Episódio IX também traz de volta Lando Calrissian e General Leia pela última vez.”

Naturalmente, há intensa expectativa em torno do fim da Saga Skywalker, e não há como oferecer fechamento para 42 anos de fãs em apenas um filme. “As pessoas se sentem incrivelmente apaixonadas e possessivas com isso”, disse Grant, que interpreta Allegiant General Pryde. “Entendo isso porque sou fã de Star Wars desde os 20 anos de idade em 1977, quando era estudante de teatro.”

A Ascensão Skywalker: Kevin Smith, conta o que achou do filme

Dirigido e co-escrito por JJ Abrams, Star Wars: A Ascensão do Skywalker, é estrelado por Daisy Ridley, Adam Driver, John Boyega, Oscar Isaac, Lupita Nyong’o, Domhnall Gleeson, Kelly Marie Marie, Joonas Suotamo, Billie Lourd, Keri Russell, Anthony Daniels, Mark Hamill, Billy Dee Williams e Carrie Fisher, com Naomi Ackie e Richard E. Grant. O filme chega em 20 de dezembro.