Artista de rua Bordalo II transforma lixo em esculturas vibrantes

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Desde coleções de cordões retirados do umbigo até peças de arte recicladas, adoramos coisas que seriam jogadas fora, porém são absolutamente transformadas.

Se estivéssemos dirigindo um concurso agora, celebrando a arte reciclada é justo dizer que o artista de rua Bordalo II estaria na disputa pelo primeiro lugar.

Bordalo II grasshopper trash art

BORDALO II

Nascido em Lisboa, Portugal em 1987, Bordalo II está fazendo seu nome em todo o mundo. Como a maioria dos artistas, ele olhou para as armadilhas e mensagens de sua geração e decidiu dizer algo sobre isso.

“Pertenço a uma geração extremamente consumista, materialista e gananciosa. Com a produção das coisas no máximo, a produção de “resíduos” e objetos não utilizados também é maior. ”

Ao contrário da maioria dos artistas, ele parecia lixo para fazer sua declaração. Usando o que ele chama de “materiais em fim de vida”, Bordalo II se esforça para fazer uma declaração sobre sustentabilidade e consciência social.

Bordalo II duck trash art

Alguns de seus trabalhos mais marcantes são vistos na coleção intitulada “Big Trash Animals”. São estruturas maciças feitas inteiramente de materiais em fim de vida, pintadas e encenadas para parecerem animais.

Ele está casando cenas da natureza com lixo, em um esforço para fazer uma declaração sobre sustentabilidade.

“A ideia é retratar a própria natureza, neste caso animais, com materiais responsáveis ​​por sua destruição.”

Bordalo II parrot trash art

Quando vistos dessa maneira, não há possibilidade de negar o impacto das esculturas maiores que a vida.

OUTRO TRABALHO

No espírito de Banksy, Bordalo II também faz instalações e pinturas de arte de rua para chamar a atenção para outros problemas da sociedade. Você pode ver uma coleção completa de seu trabalho em seu site ou em sua página no Facebook.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ripleys