Esses são os animais mais perigosos do mundo: fique longe deles

[nextpage]

Esses são os animais mais perigosos do mundo: fique longe deles
Foto: (reprodução/internet)

“O melhor amigo do homem é o cachorro”. Você com certeza já ouviu essa frase e concorda com ela se tem seu cachorrinho em casa. Além disso, vários outros animais podem ser domesticados e ser uma companhia para o homem, como gatos, coelhos, pássaros e até mesmo porquinhos.

Porém, não são todos os animais que iriam conviver com você tranquilamente em um mesmo ambiente. Por serem animais selvagens, eles são mais agressivos, já que precisam ser assim na natureza para sobreviver. Então, melhor mesmo é ficar longe deles! Ficou curioso para conhecer alguns deles? Continue lendo esse artigo para descobrir!

[/nextpage][nextpage]

Rinoceronte

Esses são os animais mais perigosos do mundo: fique longe deles
Foto: (reprodução/internet)

O rinoceronte é um dos maiores mamíferos da Terra, mas que infelizmente sofrem com a caça predatória e, exatamente por isso, correm risco de extinção. Eles são extremamente perigosos de se chegar perto já que são muito territoriais e dificultam a aproximação de qualquer outro animal, inclusive os humanos.

Eles podem chegar a pesar até duas toneladas e enxergam muito mal e, apesar disso, são exímios corredores, já que podem chegar a alcançar velocidade acima de 60 km/h. Além disso, seu chifre é muito afiado e é usado por ele como instrumento de defesa. Por isso, melhor manter distância desses reis da selva.

[/nextpage][nextpage]

Tubarão Branco

Esses são os animais mais perigosos do mundo: fique longe deles
Foto: (reprodução/internet)

O Tubarão Branco é um rei dos sete mares, e já virou até mesmo protagonista de vários filmes de ação de Hollywood, por ser o principal vilão desses filmes. Como grande parte dos predadores, ele é muito territorial e, exatamente por isso, não gosta de intrusos em seu território, colocando-os para correr rapidamente.

Apesar de serem muito fortes e velozes, eles tem dificuldade de distinguir os objetos a sua frente, o que faz com que qualquer coisa que esteja na sua frente seja um alvo de mordida em potencial. O bom é que nós, seres humanos, não fazemos parte de sua dieta, então, se você encontrar um tubarão por aí, provavelmente ele vai deixar uma mordida de lembrança.

[/nextpage][nextpage]

Dragão de Komodo

Esses são os animais mais perigosos do mundo: fique longe deles
Foto: (reprodução/internet)

O Dragão de Komodo também é conhecido de crocodilo-da-terra e é um predador muito perigoso. A boa notícia é que seu habitat natural é bem diferente dos humanos, o que faz com que o contato entre os dois seja raríssimo de acontecer, diminuindo então o caso de vítimas fatais desse animal.

Esse lagarto gigante tem a grande vantagem de ter uma saliva extremamente tóxica, sendo sua principal estratégia de caça. Podendo chegar a dois metros de comprimento e atingir uma velocidade de 20 km/h, ele apenas morde e aguarda a presa sentir os efeitos da toxina.

[/nextpage][nextpage]

Urso polar

Esses são os animais mais perigosos do mundo: fique longe deles
Foto: (reprodução/internet)

Esse animal de aparência fofinha e que povoa nosso imaginário como um ser totalmente inocente é, na verdade, um grande predador. O urso polar ocupa o título de maior carnívoro do mundo, sem fazer distinção entre o alimento que aparece em sua frente. Do mesmo jeito que o Dragão de Komodo, o urso polar mora em regiões com baixo índice populacional, o que torna raro os casos de ataque.

Chegando aos três metros de comprimento e aos quatrocentos e cinquenta quilos, o urso polar se torna facilmente um predador nato. Além de ser muito agressivo e proteger e dominar seu território a qualquer custo, ele é muito rápido, e pode chegar a corridas de até 40 km/h.

[/nextpage][nextpage]

Polvo-de-anéis-azuis

Esses são os animais mais perigosos do mundo: fique longe deles
Foto: (reprodução/internet)

Esse molusco tem uma aparência bastante agradável e atrativa, já que, mesmo se camuflando com o fundo do mar, ele também tem uns círculos azuis espalhados por toda a superfície do corpo, e por isso recebe esse nome. Apesar disso e do pequeno tamanho, comparável a uma bola de golfe, ele tem um dos venenos mais mortais do mundo.

Em uma única picada, o veneno é capaz de matar 26 adultos de uma só vez e, se concentrado em apenas uma pessoa, isso é sinônimo de morte certa. Para piorar a reputação desse polvo, não tem antídoto para sua toxina, que paralisa todo o corpo humano, atingindo primeiro os músculos do nosso sistema respiratório.

[/nextpage][nextpage]

Crocodilo-de-água-salgada

Esses são os animais mais perigosos do mundo: fique longe deles
Foto: (reprodução/internet)

Essa espécie de crocodilo é um dos maiores do mundo e um dos mais perigosos caçadores da Terra. Para piorar, ele não tem predadores naturais, o que faz com que ele literalmente esteja no topo da sua cadeia alimentar. Podendo chegar a mais de três metros, suas presas preferidas são tubarões e búfalos, tendo um paladar pouco exigente.

Ele é famoso por sua estratégia de caça, que é conhecida como “rolo da morte”. Essa técnica consiste em se prender à presa por meio da sua mordida e ficar girando várias vezes ao redor de si mesmo para desnortear sua vítima. Provavelmente é por isso que esses crocodilos existem até hoje, perpetuando-se como uma espécie muito resistente.

[/nextpage][nextpage]

Hipopótamos

Esses são os animais mais perigosos do mundo: fique longe deles
Foto: (reprodução/internet)

Muitos filmes retratam os hipopótamos como seres divertidos e inofensivos. Porém, esses animais estão no terceiro lugar do pódio de animais mais pesados das savanas africanas, perdendo apenas para elefantes e rinocerontes. Mesmo que tenham hábitos herbívoros, esses animais são muito territoriais e atacam outros, inclusive humanos, apenas por se sentirem atacados e para defender seu território.

Além disso, no bando, os machos tem a função de proteger as fêmeas e suas crias, tanto dentro e fora da água. Isso faz com que eles sejam muito agressivos, podendo até mesmo matar outros hipopótamos. Além disso, eles são perigosos dentro e fora da água, já que podem chegar a correr até 30 km/h.

[/nextpage][nextpage]

Elefante africano

Esses são os animais mais perigosos do mundo: fique longe deles
Foto: (reprodução/internet)

O elefante africano é outro dessa lista que é representado por filmes como inofensivo, quando, na realidade, a verdade é bem diferente. Esse é o maior animal terrestre do mundo, e pode chegar a 6 metros de altura e pesar 6 toneladas. Para proteger seu bando, eles podem até mesmo atacar outros gigantes, como hipopótamos e rinocerontes.

Eles também são bem territoriais e aparentemente vingativos, já que há relatos de ataques de elefantes em algumas aldeias que atacaram antes seu território, destruindo tudo e matando pessoas. De hábitos herbívoros, esses elefantes são muito velozes apesar de serem enormes, chegando a atingir velocidades acima de 40 km/h.

[/nextpage][nextpage]

Mamba negra

Esses são os animais mais perigosos do mundo: fique longe deles
Foto: (reprodução/internet)

A mamba negra é outro animal dessa lista que, apesar de ser pequena, é muito perigosa para o ser humano. Além de todo o simbolismo religioso que carrega e de ser fonte de vários mitos africanos, essa cobra carrega consigo um veneno mortal, que é capaz de matar um adulto com apenas duas gotas, atingindo primeiro o sistema nervoso.

Como grande parte dos animais, ela protege seu território a todo custo, e fica muito agressiva nessas situações. Apesar disso, há vários relatos de que ela atacou outros humanos sem ser provocada, o que, junto com o seu bote rápido, reforça o aviso para manter distância dela.

[/nextpage][nextpage]

Mosquitos

Esses são os animais mais perigosos do mundo: fique longe deles
Foto: (reprodução/internet)

Ao contrário de outros animais dessa lista, que provavelmente nunca encontraremos e moram em lugares bem específicos e isolados, os mosquitos são animais que nos deparamos todo dia, e quase toda hora. Apesar de muito comum, eles são igualmente perigosos, principalmente por serem transportes de doenças para o ser humano.

O mosquito palha, por exemplo, é o transmissor da leishmaniose, enquanto que o mosquito da dengue, além de transmitir a dengue, transmite também a febre amarela, chikungunya e zika. Por ser considerado um animal cosmopolita, ou seja, encontrado com facilidade nas cidades, é essencial que a proliferação seja combatida por todos.

[/nextpage]

Esses são os animais mais perigosos do mundo: fique longe deles

💾 saved ✔