Afinal, o fermento é vegano?

ANÚNCIO

ANÚNCIO

O veganismo é um modo de vida que minimiza a exploração e a crueldade dos animais, tanto quanto possível. Assim, as dietas veganas são desprovidas de produtos de origem animal, incluindo carne, aves, peixes, ovos, laticínios, mel e quaisquer alimentos que contenham esses ingredientes.

Muitas vezes, os alimentos podem ser claramente classificados como veganos ou não. No entanto, alguns – como o fermento – podem causar confusão. O fermento é um fungo unicelular que cresce naturalmente no solo e nas superfícies das plantas.

Afinal, o fermento é vegano?

Existem centenas de cepas de leveduras e, enquanto algumas são prejudiciais aos seres humanos, outras podem ter funções benéficas. Por exemplo, o fermento pode ajudar alimentos, como pão, cerveja e vinho, a fermentar. Também pode ser usado para adicionar sabor aos alimentos ou melhorar sua textura, como costuma acontecer na indústria de queijos.

O fermento é naturalmente rico em vitaminas do complexo B e, às vezes, enriquecido com vitaminas e minerais adicionais.  Portanto, certas variedades podem ser usadas para melhorar o conteúdo nutricional de alimentos ou refeições. Por fim, pode ser usado como um meio para pesquisar, produzir ou testar medicamentos farmacêuticos destinados a tratar uma variedade de condições médicas.

Afinal, o fermento é vegano?

Dado que o fermento é um organismo vivo, algumas pessoas se perguntam se ele pode ser incluído em uma dieta vegana.No entanto, ao contrário dos animais, as leveduras não têm um sistema nervoso. Isso significa que eles não sentem dor – o que os diferencia completamente dos animais.

Clique em “Próximo” para ler o restante do conteúdo da postagem.