Afinal de contas… O que é ser nerd?

01

Salve galera do Minilua! Há um bom tempo que venho pensando em postar sobre este assunto, afinal de contas vocês, assim como eu, já devem ter notado que as inversões de valores estão cada vez mais presentes no nosso cotidiano.

Na música por exemplo, há um tempo atrás banda de rock era banda de rock e não um monte de coloridos cantando músicas melosas, o sertanejo era representado por duplas do interior, hoje tem que ser universitário (kkkkkkk).

Mas isso não acontece só na música não, até pouco tempo tinha-se a idéia de que o homem deveria ser macho mesmo, mas atualmente o que percebemos é uma grande e crescente mudança de hábitos.

06

Os mais liberais vão me criticar, dizer que é choque de gerações e diversidade e o novo e blá blá blá… Mas sério, isso não tem nada a ver com preconceito, eu defendo a idéia de que você pode ser e fazer o que você quiser, mas o que me deixa de cara é as pessoas mudarem de opinião, gosto, unicamente por acompanhar as “tendências” que em 99% das vezes estão associadas à mídia, o que nos leva ao assunto de hoje, SER NERD.

Um bom exemplo de tudo que falei é o termo “ser nerd”, não que eu seja um ancião, mas na minha época não havia nada de especial em ser um, bem pelo contrario, os nerds da época (inclusive eu) eram marcados com um estigma maldito e infinito.

Em suma o que caracterizava um nerd de verdade era o fato de que eles eram inteligentes, tímidos, péssimos no esporte, forever alone, fanáticos por vídeo game e jogos de rpg, enfim uma pá de coisas. E hoje em dia, como é um nerd? Hoje em dia as pessoas acham que usando um óculos igual ao do Pe Lanza já são nerds, pensam que usando o Facebook e Twitter e afins vai torná-los mais cult, faça o meu favor né…

Pra vocês terem uma base até bullying virou moda, como se isso não acontecesse há anos nas escolas, ah tá! A diferença agora é o nome, então galera antes de vocês saírem com o seu IPad novinho dizendo que é nerd, faça uma auto-análise…

A escola é e sempre será um inferno pra quem é nerd de verdade, não estou dizendo que me arrependo ou me orgulho de ter sido ou ser um, mas nunca forcei nada, as pessoas estão cada vez mais querendo ser o que não são, forçando as coisas com o grande auxílio da TV que hoje prega que ser nerd é legal…PQP!

Coincidentemente o novo vídeo do Cauê Moura fala sobre o assunto e aproveitando a deixa, faço dele as minhas palavras!

E ae nerdão? Gostou do post? Compartilhe com seus amigos no Facebook e Twitter!

Reaja! Comente!
    Topo