Ele adormeceu enquanto dirigia seu Tesla a 120 km/h; um luxo que poucos podem ter

Durante o dia da gravação, nenhum acidente de trânsito foi relatado na estrada em que estava circulando, por isso podemos dizer que chegou em segurança ao seu destino, esperamos que ele já tenha acordado.

Esse não é o primeiro caso de um motorista que adormeceu enquanto deixava seu carro dirigir sozinho, é por isso que, Tesla gentilmente lembra que, apesar de ter o modo de piloto automático, ainda tem que haver um motorista responsável ao volante, para qualquer coisa não calculada pelo sistema de carro.

toreto