Adolescente prende uma gaita inteira na boca e toca música quando respira

ANÚNCIO

ANÚNCIO

Mollie O’Brien colocou uma gaita na boca, na tentativa de entreter a prima, mas a gaita ficou presa – e quanto mais ela entrava em pânico, mais rápido ela respirava e mais alta a música tocava.

Personagens desajeitados engolindo instrumentos musicais e tocando notas enquanto chiavam eram algo que só se via em desenhos animados – mas não mais.

A estudante do ensino médio Mollie O’Brien estava tentando o ato altruísta de entreter sua prima, empurrando uma gaita inteira dentro de sua boca.

E ela conseguiu. O único problema era que ela não havia considerado a gaita sairia.

Mollie descobriu que o instrumento estava preso entre as bochechas, mantendo a boca aberta para se parecer com algo como um filtro ruim do Snapchat.

Nessa situação, você morre de vergonha ou morre de rir – então Mollie carregou o vídeo no TikTok.

O vídeo mostra a adolescente de Ontário em uma montagem de vídeo com a letra ‘Acabei de fazer uma coisa ruim, lamento o que fiz e você está se perguntando o que é’.

Adolescente prende uma gaita inteira na boca e toca música quando respira

Incapaz de falar, obviamente, ela então escreve sua confissão: “Bem … enfiei uma gaita inteira na minha boca e ela está presa agora” – enquanto sua respiração toca hilariante música enquanto filma.

Mollie foi levada às pressas para o hospital, onde foi encaminhada a um dentista que usava ferramentas especializadas para manter a boca aberta e recuperar a gaita.

O clipe acumulou 1,7 milhão de visualizações, enquanto outros colegas do TikTokers inundaram os comentários.

Um deles respondeu: “Ela está falando gaita, NÃO POSSO”.

Um segundo escreveu: “Enfermeira: então qual é o problema? Paciente: * chora em gaita *.”

Outro provocou: “Você provavelmente está muito estressada agora, então acho que é uma boa idéia respirar fundo …”.

Adolescente prende uma gaita inteira na boca e toca música quando respira

Ela admite que quanto mais entrava em pânico, mais pesada sua respiração se tornava e mais alta a música tocava em sua boca.

Mollie diz que seu primeiro pensamento foi “droga, minha mãe vai me matar agora” – mas acabou que ela não estava com raiva, apenas chocada por ter criado uma “criança estranha”.

Após 30 minutos, a dor diminuiu e sua boca ficou dormente.

Quando o dentista removeu com sucesso a caixa de voz alternativa, ele simplesmente a aconselhou: “Não vamos fazer isso de novo, ok, querida?”

Felizmente, Mollie não sofreu danos permanentes – exceto o constrangimento imortalizado para sempre online.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Mirror