A ‘vitória por nocaute’ de Mike Tyson contra o tubarão enquanto ele se prepara para o confronto atrasado de Roy Jones Jr

ANÚNCIO

Mike Tyson obteve o equivalente a uma vitória por nocaute contra um tubarão enquanto se preparava para seu retorno atrasado ao ringue contra Roy Jones Jr.

Tyson deve lutar contra Jones em uma luta de exibição de oito rounds na Califórnia em Novembro.

ANÚNCIO

Mas enquanto se preparava para voltar ao ringue pela primeira vez desde 2005, Tyson se envolveu em um desafio muito diferente no domingo.

Tyson vs Jaws

Para dar início à Semana do Tubarão no Discovery Channel, o lutador de 54 anos enfrentou vários tubarões em um formato de três assaltos denominado ‘Tyson vs Jaws’

A 'vitória por nocaute' de Mike Tyson contra o tubarão enquanto ele se prepara para o confronto atrasado de Roy Jones Jr

ANÚNCIO

E isso culminou com o ex-campeão de boxe peso-pesado alcançando ‘Imobilidade Tônica’ – um estado temporário de inatividade no tubarão.

Para usar uma analogia com o boxe, foi o mais perto que ele poderia ter de uma vitória por nocaute em um desafio que ele admitiu que o deixou “morrendo de medo”.

Em um vídeo promocional do evento, que foi ao ar no Discovery Channel nos Estados Unidos no domingo, Tyson disse “alguém vai levar uma mordida” – uma referência ao infame incidente quando ele mordeu a orelha de Evander Holyfield durante uma luta pelo título dos pesos pesados.

Para o desafio de TV ‘Tyson vs Jaws’, o homem que se tornou o mais jovem campeão dos pesos pesados ​​em 1986 trabalhou com cientistas nas Bahamas para ficar mais confortável com os tubarões, de acordo com o Bleacher Report.

Rounds foram ficando mais difíceis

A primeira parte do desafio o viu mergulhando em uma gaiola com tubarões-limão, enquanto a segunda rodada aumentou a aposta com um mergulho em mar aberto durante o qual ele teve que empurrar os tubarões para longe se eles se aproximassem demais.

Mas foi na terceira rodada que realmente ficou assustador para Tyson. O ex-boxeador vomitou antes de mergulhar quase 15 metros debaixo d’água sem uma gaiola, então teve que agarrar um tubarão e tentar induzir a imobilidade tônica.

A 'vitória por nocaute' de Mike Tyson contra o tubarão enquanto ele se prepara para o confronto atrasado de Roy Jones Jr

Tyson podia ser visto agarrando um tubarão pelo nariz enquanto ele nadava e virando-o de costas, induzindo com sucesso o estado de hipnose.

De acordo com o Shark Trust, a imobilidade tônica é frequentemente usada por pesquisadores ao lidar com tubarões para subjugá-los.

Quando o tubarão é gentilmente virado de costas, pensa-se que isso os desorienta, fazendo com que entrem nesse estado. Quando solto, o tubarão sai desse estado.

Tyson disse que seu sucesso o ajudou a prepará-lo para a próxima partida contra Jones em Carson, Califórnia, em 28 de Novembro.

“Eu aceitei este desafio para superar os medos com os quais ainda lido na vida”, disse Tyson em um comunicado. “Eu igualo isso a superar meu medo de voltar ao ringue aos 54 anos.”

Tubarões foram um aprendizado na vida do lutador

“Aprendi com essa experiência na Semana do Tubarão que tudo o que me intimida, ainda sou capaz de enfrentar o desafio de superar qualquer coisa que me impeça de cumprir a missão de minha vida de alcançar meu maior potencial e me aproximar de Deus.”

Ele não é o único astro do esporte a enfrentar um tubarão na Semana do Tubarão do Discovery Channel, já que a lenda da natação olímpica Michael Phelps perdeu uma corrida virtual para um grande branco em 2017.

Tyson e Jones foram proibidos de se machucar na luta de Novembro e foram orientados a tratar a luta como uma sessão de sparring, com o árbitro pronto para entrar em ação se a violência explodir.

No entanto, Tyson insistiu que está pronto para ignorar as regras contra seu oponente de 51 anos e olhar para adicionar outro nocaute a seu registro impressionante.

Traduzido e adaptado por equipe MiniLua

Fonte: Mirror

ANÚNCIO