A véspera de São Marcos é um dia em que você pode ver fantasmas

ANÚNCIO

A véspera de São Marcos é um dia em que você pode ver fantasmas

Embora seja fácil ver por que as assustadoras festividades do Halloween, há um feriado igualmente macabro na primavera, que há muito tempo é esquecido.

ANÚNCIO

Enraizada no folclore inglês, a véspera de São Marcos é um dia em que os fantasmas daqueles que morrerão no próximo ano se agitam e seguem pela cidade em suas formas fantasmagóricas.

Saint Mark’s Eve Is A Day You Can See Ghosts

Embora os detalhes do ritual tenham variado de cidade para cidade, a lenda diz que um dia antes da festa de São Marcos dá às pessoas a chance de ver os fantasmas daqueles que estão destinados a morrer no próximo ano. Na maioria das descrições, uma pessoa só precisa estar fora de sua igreja a partir das 23h. à 1 da manhã de 24 de abril para ver a procissão dos mortos.

ANÚNCIO

No dia seguinte, enquanto a cidade se reunia para celebrar em honra de São Marcos, testemunhas dos acontecimentos da noite anterior podiam olhar com medo enquanto os condenados à morte comiam e se divertiam.

saint mark

Em outras versões, uma família pode espalhar as cinzas de sua lareira sobre a lareira, e as pegadas dos membros da família estavam fadadas a morrer naquele ano, apareceriam da noite para o dia. Essa versão era particularmente suscetível a travessuras, permitindo que cidadãos da cidade e crianças desprezadas deixassem as pegadas de outras pessoas nas cinzas, enganando os supersticiosos a acreditar que morreriam.

Da mesma forma, uma pessoa que se pensava estar fora da igreja na véspera de São Marcos teria cometido um tabu grave na tentativa de ver o futuro, mas poderia ter um domínio indevido sobre as pessoas que eles consideravam futuros. Registros de 1608 mostram que uma mulher foi excomungada de sua igreja por participar da véspera de São Marcos.

Nos registros do folclore de Lincolnshire, não eram apenas os fantasmas dos mortos destinados a marchar para a igreja, mas também os fantasmas das pessoas que se casariam naquele ano – embora não tenhamos certeza de como eles poderiam dizer a diferença.

saint mark's eve

As pessoas que se acreditava terem visto os eventos da véspera de São Marcos eram frequentemente eremitas ou empreendedores, levando a lendas e fofocas locais de que eram mágicas de alguma forma. Que acréscimo melhor aos rumores sobre a velha senhora que morava na colina do que ela podia ver quem iria morrer?

Como uma camada adicional de dificuldade, algumas versões do ritual exigiam ficar acordadas a noite inteira do 24º até três anos consecutivos antes de ver espíritos – ou qualquer outro tipo de arbitragem para legitimar a ausência de aparições sempre que alguém tentava. Outro método para assustar as pessoas a ficarem acordadas na véspera de São Marcos era o boato de que quem tentasse, mas não visse os mortos, morreria por conta própria!

No entanto, o conto popular cresceu, até aparecendo nas obras poéticas de John Keats, que escreveu um poema intitulado “A Eva de São Marcos” – embora ele nunca o tenha terminado.

Tudo estava silencioso – tudo estava sombrio
No exterior e na sala caseira –
Abaixo ela sentou, pobre alma enganada
E atingiu uma lâmpada do carvão sombrio,
Inclinado para a frente, com cabelos caídos brilhantes
E livro inclinado cheio contra o brilho.
Sua sombra disfarçada
pairava sobre um tamanho gigante

– Trecho de John Keat, “A véspera de São Marcos”

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ripleys

ANÚNCIO