A urina azul do rei George dá novo significado ao azul real

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Em 1810, o rei George III caiu em pura loucura e logo foi forçado a se aposentar completamente da vida pública. Ele pode ser mais conhecido nos livros de história por ser o rei que perdeu a América, mas você sabia que ele tinha urina azul?

Sua doença mental e poças de azul poderiam estar relacionadas? Tudo poderia se resumir a um distúrbio genético do sangue chamado porfiria.

King George III

Muitos historiadores atribuem a loucura de George a um distúrbio genético do sangue chamado porfiria.

O estado em que o rei George III esteve durante a última década de sua vida obrigou seu filho a assumir o trono.

O ex-rei havia perdido a maior parte da visão e sentia dores constantes. Seu vocabulário antes mundano e rico diminuiu rapidamente, quando ele começou a se repetir constantemente e escrever cartas longas e confusas.

Há também rumores de que ele andaria completamente nu.

Acima de tudo, a urina azul…

A urina azul do rei George dá novo significado ao azul real

Em 1969, um estudo publicado na Scientific American sugeriu que o rei George III sofria de porfiria, um distúrbio causado por um excesso de acúmulo de porfirina que ajuda a hemoglobina, a proteína que move o oxigênio por todo o corpo.

Em alguns casos, a porfirina é excretada na urina, dando-lhe uma tonalidade roxa. Em casos raros, como o de George, a urina é azul.

A porfiria aguda pode afetar seriamente o sistema nervoso. Os sintomas incluem alucinações, delírio, insônia, ansiedade e até paranóia. Para completar, os médicos do rei podem ter piorado essa condição e seus sintomas ao tratar George com doses de arsênico, envenenando-o basicamente.

Com a reputação de estar um pouco fora dos trilhos e do fluxo de um Smurf, a teoria do rei George III com porfiria deixa você perguntando se você acredita … ou não!

Se ao menos fosse ouro …

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ripleys