A terrível e horripilante história de Tara, a andróide

Nós todos sabemos que a Internet é o lar de uma série de vídeos incalculáveis, onde podemos encontrar todo o tipo de conteúdo, e onde as pessoas são “livres” para fazer o upload do conteúdo que elas quiserem, tornando-o visível para o público.

Deste modo, podemos encontrar vídeos interessante, informativos e alguns tremendamente bizarros, e é exatamente isto que vamos apresentar para você hoje. Conheça agora a história do vídeo de “Tara, a andróide”.

“I Feel Fantastic” foi um vídeo publicado no YouTube no dia 15 de abril de 2009, nele você pode ver o que parece ser uma espécie de animatrônico em forma de mulher. No vídeo, a andróide começa a fazer alguns movimentos muito estranhos, cantando uma música bizarra e assustadora.

Na descrição do vídeo, você pode ver uma lenda na qual se fala de Pygmalion, um escultor cuja arte era imitar a forma humana, e que depois de passar por muitas tragédias, procurou criar uma mulher perfeita para ele mesmo, uma mulher estátua.

O estranho e curioso sobre este vídeo é que a mulher perfeita relatada na descrição é comparada com a mulher andróide que aparece no vídeo, então eles começaram a acreditar que alguém criou este robô para tê-la como esposa, depois de ter várias decepções em sua vida.

Porém, o vídeo começa a se tornar mais obscuro quando começam a aparecer alguns arbustos em um jardim. Neste trecho a andróide diz: “Eu me sinto fantástica, correr, correr, correr.”

Depois de assistir ao vídeo, as pessoas começaram a especular que as cenas dos arbustos eram na verdade o local usado pelo criador do vídeo para esconder cadáveres humanos, logo ele seria um psicopata.

De acordo com a descrição do vídeo, o psicopata enterrava suas vítimas, e ligava ela por fios na andróide, de modo que ela continuava se movendo até a vítima parar de respirar. Quando Tara diz: “Eu me sinto fantástica”, na verdade, seria uma “interpretação digital” dos gritos das vítimas quando elas estavam morrendo asfixiadas.

Embora você não possa confirmar a veracidade da história completa, acredita-se que o verdadeiro criador destes “bonecos” seja um assassino em série, que nunca apareceu em qualquer jornal ou notícia.

Quando você busca por informações sobre esta andróide, você chega até John Bergeron. Como ele trabalha com música, algumas pessoas acreditariam que pudesse se tratar se uma experiência musical.

Porém se você for mais afundo nas informações sobre este homem, você consegue notar que o mesmo não tem uma ligação direta com o vídeo criado, o que faz algumas pessoas acreditarem mais ainda que ele possa ter vendido esta boneca para alguém ou ter jogado ela fora, deste modo o criador original do vídeo teria encontrado ela e criado o andróide.

Não existem vídeos recentes sobre a andróide, logo a história sobre o assassino só se baseia nos vídeos assustadores, sem existir nenhum indício concreto para confirmar estas premissas, portanto, talvez possa se tratar de uma simples lenda da internet.

No entanto, existem várias coisas muito estranhas em seus vídeos, como o fato de Tara estar com um lado do rosto perfurado por um prego. Talvez realmente fosse apenas algum tipo de projeto, já que claramente a ideia é transmitir medo com esses vídeos.

Existem também um outro vídeo que é possível ver uma pessoa ligando para John Bergeron. Neste vídeo, fazem perguntas para ele sobre a andróide e ele evita responder elas:

-Olá, John, John Bergeron?

-Quem é? Eu tenho muitas coisas a fazer.

- Claro, meu nome é Kendra, eu sou do Departamento de Robótica da Universidade de British Columbia e estava te procurando, você por acaso é a pessoa que criou a andróide Tara? Estou trabalhando em uma história sobre isso.

- Eu tenho muitas coisas para fazer, eu não tenho tempo para conversar.

- Ok, seria melhor eu enviar um e-mail?

- Eu não acho que eu tenho o tempo para lidar com isso.

- Ok, eu estou falando com a pessoa certa?

- Tenho que ir

- Estou falando com a pessoa certa?

- Adeus

- Está bem

Ele não da mais declarações sobre a andróide, o que é muito estranho, pois o vídeo se tornou famoso na Internet. Na opinião de algumas pessoas, talvez ele seja o próprio criador da andróide, usando ela para experimentos musicais, Dia das Bruxas, ou simplesmente para criar vídeos psicodélicos para a internet.

Diga-nos o que você pensa sobre essa história, você acha que está história é apenas uma piada, ou ele realmente é um psicopata que ainda não foi descoberto e usava essa andróide para enviar mensagens subliminares de suas vítimas? Comente!

[/audio

Gostou do post? Não se esqueça de curtir e compartilhar nas redes sociais, curta também a página do Minilua no Facebook clicando aqui e participe também do nosso grupo no facebook clicando aquiCurta também a minha página no facebook clicando aqui.

Receba mais em seu e-mail
Topo