A sala de controle de Chernobyl está agora aberta aos turistas … por 5 minutos

ANÚNCIO

Agora, os turistas podem visitar a sala de controle do Reator 4 de Chernobyl, o cenário do pior desastre nuclear do mundo. Mas a sala de controle ainda é altamente radioativa, e as pessoas são obrigadas a usar equipamentos de proteção quando estão dentro, de acordo com reportagens recentes.

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky declarou Chernobyl uma atração turística oficial em junho na inauguração de uma gigantesca cúpula construída para conter material radioativo. Mas Chernobyl é um destino turístico há muito mais tempo – partes dele estão abertas ao público há quase uma década. Em maio, as reservas para Chernobyl aumentaram cerca de 30% após o lançamento da popular série HBO de mesmo nome, de acordo com um relatório anterior da Live Science.

ANÚNCIO

Mas o Reator 4 permaneceu fechado para a maioria do público, exceto por alguns pesquisadores e trabalhadores de limpeza. Agora, as empresas de turismo de Chernobyl confirmaram que a sala de controle está aberta para as almas corajosas que desejam estar mais próximas da cena do desastre, segundo a CNN.

A sala de controle de Chernobyl está agora aberta aos turistas ... por 5 minutos

A sala de controle, que foi altamente danificada pela explosão, foi onde o reator foi operado e onde foram tomadas muitas das decisões no dia em que o reator explodiu. Ele fica embaixo do novo arco de contenção, mas fora do sarcófago original que continha a radiação do próprio reator, de acordo com o Telegraph.

ANÚNCIO

A radiação na sala é 40.000 vezes maior que os níveis normais, de acordo com a Ruptly, uma agência de notícias alemã. Qualquer pessoa que deseje visitar o local deve usar traje de proteção, capacete e máscara e limitar a visita a 5 minutos. Depois, os visitantes são submetidos a dois testes de radiologia para medir a quantidade de radiação a que foram expostos, de acordo com a CNN.

Isso é típico da maioria dos passeios em Chernobyl; as pessoas devem passar pelos pontos de verificação de radiação no início, no meio e no final dos passeios de um dia, de acordo com um relatório anterior da Live Science. Os turistas não têm permissão para passear por conta própria; eles devem permanecer nos passeios por causa de preocupações constantes com a radiação.

Outras partes de Chernobyl permanecem fora dos limites, incluindo o “cemitério de máquinas” na vila de Rossokha, que é onde as máquinas contaminadas usadas durante a limpeza de Chernobyl foram despejadas, segundo a CNN.

A exposição a grandes quantidades de radiação pode causar danos aos tecidos e doenças agudas, além de aumentar o risco de câncer. No entanto, as autoridades ucranianas consideram as áreas abertas aos turistas como seguras, desde que sigam as regras.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Live Science

ANÚNCIO