Você já comeu costelas, asas, cachorros-quentes ou peru apenas para experimentar uma onda de calor e transpiração? Se você já experimentou o fenômeno conhecido como suores de carne.

Comedores ávidos e campeões de desafios alimentares atestam a realidade brutal dos suores de carne. Alguns tomam antiácidos antes do frenesi, enquanto outros afirmam que o exercício após a compulsão cura o sistema hidráulico. Outros, no entanto, se entregaram de corpo e alma e apenas usam tecidos respiráveis ​​e um pouco de colônia.

Embora um prato de asas ou uma perna de peru defumada possa realmente provocar um frenesi carnívoro, não chamaríamos realmente de exercício extenuante da mastigação maníaca. No entanto, apesar disso, um simples cheiro de carne assada provoca salivação e suor.

O fenômeno é tão amplo e comum que os aficionados por carne desenvolveram várias estratégias de enfrentamento. Alguns juram tomar antiácidos antes das refeições, enquanto outros se exercitam após uma refeição.

A maioria, no entanto, desistiu de impedir que os suores de carne ocorressem e apenas lidou com o sistema hidráulico, vestindo roupas respiráveis, trocando os lençóis ou apenas comendo mais carne.

 

Quando você come carne, e queremos dizer muita carne, seu estômago fica inundado de proteínas. A proteína requer até sete vezes a energia corporal para digerir do que substâncias alimentares como gordura. Energia significa calor e calor significa suor.

O impacto térmico da alimentação é geralmente insignificante, mas a carne tem pelo menos uma chance maior de aumentar a temperatura corporal central apenas pelo fato de que é preciso mais energia para quebrar. O que pode ser mais influente é o metabolismo que afeta os hormônios que seu corpo produz quando você come.

Aliás, essas respostas hormonais se adaptam aos seus hábitos alimentares. Isso significa que as pessoas recebem mais suores de carne quando comem uma porção extraordinariamente grande de carne. Isso corrobora as experiências de comedores competitivos que experimentam suores pronunciados de carne.

Se você não quer suar a camisa na churrascaria, tente comer um corte mais gordo, comer menos ou apenas dobrar o desodorante e aproveitar.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ripleys