A polícia incentiva o distanciamento social vestindo-se como o próprio coronavírus

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Oficiais na Bolívia pensaram que se vestir como o vírus em fantasias caseiras era uma maneira criativa de fazer a ameaça parecer mais visível durante a pandemia da covid-19.

Uma força policial criou uma maneira única de lembrar os cidadãos da importância do distanciamento social – vestir-se como o próprio coronavírus.

A polícia incentiva o distanciamento social vestindo-se como o próprio coronavírus

Em imagens bizarras compartilhadas no início desta semana, dois policiais uniformizados se disfarçaram como o vírus mortal.

Os policiais foram vistos andando pelas ruas da capital boliviana, La Paz, ao ritmo da música e conversando com os compradores.

Como se a coisa toda não pudesse estranhar, suas fantasias de neon brilhantes, com seus sorrisos ameaçadores, eram praticamente indistinguíveis das dos mascotes do futebol.

Brincadeiras à parte, a força espera que essa exibição abertamente visual possa aumentar a conscientização sobre a importância de manter as medidas de higiene e de distanciamento social durante a pandemia global.

Mas a tela colorida parece um pouco em desacordo com o rigoroso procedimento de bloqueio do país, que só permite que os residentes saiam uma vez por semana.

A polícia incentiva o distanciamento social vestindo-se como o próprio coronavírus

Uma revisão das diretrizes de quarentena afirma que ‘apenas uma pessoa por família pode sair entre 7h e meio-dia nos dias úteis’.

O país também reforçou seus controles nas fronteiras nas últimas semanas, em uma tentativa de conter a propagação.

A presidente interina Jeanine Anez declarou estado de emergência em saúde pública, estendendo o fechamento da fronteira até 15 de abril.

O coronel da Polícia Boliviana Walter Miranda disse: “Vivendo essa emergência nacional de saúde, vimos como é conveniente fabricar essas bonequinhas que envolvem a capacidade de educar os cidadãos com essa criatividade”.

Policiais vestindo trajes de coronavírus patrulhavam as ruas e lembraram aos pedestres que era melhor eles ficarem em casa como medida de segurança contra a pandemia.

“Estamos recomendando, estamos fazendo com que eles vejam que [na] situação [atual] há perigo em todo lugar. E mais ainda nas vias públicas.

“É por isso que eles [os bonecos] os estão incomodando. Eles estão empurrando-os para que eles saiam”, acrescentou Miranda.

A polícia incentiva o distanciamento social vestindo-se como o próprio coronavírus

Ainda mais estranho, parece que os moradores de La Paz receberam bem esse movimento incomum da polícia, um morador disse: “É algo mais gráfico. Ao vê-los, eu disse,” eu já peguei o coronavírus “.

“Porque não devemos andar na rua. Então, é algo legal, brincalhão também, e as pessoas entendem que não devem andar nas ruas. E eu também vi as fotos em outros dias, nas mídias sociais . ”

Até o momento, a Bolívia confirmou 96 casos do coronavírus e duas mortes.

As autoridades do país declararam um estado nacional de emergência, que foi complementado por uma quarentena.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Mirror