Início Curiosidades

A história de Muhammad Ali, o maior dos pesos pesados Tri Campeão Mundial

Seja você um fã do boxe ou não, já ouviu falar de Ali.

Ele ainda é o único boxeador a ser universalmente nomeado Campeão Mundial de Boxe dos Pesos Pesados ​​três vezes distintas.

Ele se recusou a se permitir ser convocado para a Guerra do Vietnã. Ele foi franco em seus pontos de vista sobre raça e em seu apoio ao boxe.

E em seus últimos anos, ele ofereceu seu nome, status e personalidade maior do que a vida para a luta contra o Parkinson.

Não há dúvida de que Muhammad Ali mais do que conquistou seu lugar no panteão de grandes atletas e pessoas influentes.

Além dos sentimentos pessoais por sua morte, há uma conexão direta entre o campeão e o de Ripley. Nós possuímos artefatos conectados a ele.

O item mais extraordinário (e a minha coisa favorita em toda a coleção da Ripley) é a tocha dos Jogos Olímpicos de 1996.

A conexão de Ali com as Olimpíadas remonta à sua vitória na medalha de ouro nos Jogos de 1960 em Roma. Ele derrotou Zbigniew Pietrzykowski da Polônia.

Quando ele ganhou, ele beijou sua medalha, segurou-a no alto e proclamou:

Esta foi a minha última luta amadora!

E ele passou a ter a maior carreira profissional de qualquer boxeador.

Essa tocha é a que ele usou para acender a chama olímpica em sua aparição surpresa em 1996, e é assinada pelo próprio homem.

Também faz parte da coleção da Ripley esta incrível peça de memorabilia do filme Ali.

As duas luvas de boxe Everlast são autografadas por Will Smith e Ali! Em destaque na tela, está uma das imagens mais famosas da história do boxe. Ali em pé vitorioso sobre Sonny Liston.

É com o coração pesado que temos que dizer adeus a este grande homem e atleta incrível. O buraco que ele deixou em nossos corações e o mundo nunca pode ser preenchido, mas seu legado nunca será esquecido.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ripleys