A festa de Natal da família leva a 18 membros infectados com Covid-19

Dezoito membros da mesma família contraíram coronavírus depois que um deles organizou uma festa de feriado, apesar de apresentar sintomas anteriormente.  

O pesadelo da família começou na manhã de 26 de dezembro em Milmont Park, Pensilvânia, quando Darlene Reynolds, 55, acordou com uma garganta inflamada.  

A ligeira irritação não poderia ter vindo em pior hora, já que Reynolds se preparava para receber parentes que viajavam de lugares tão distantes como o Canadá no dia seguinte.

Mesmo sabendo dos sintomas da doença, Reynolds não cancelou festa

Reynolds aparentemente sabia que poderia ser um sintoma de COVID-19, então ela continuou a monitorar seus outros sinais.  

“Não tive febre porque ficava verificando – sem febre, sem febre, sem febre. Eu disse: ‘Vou manter distância, já que estou com uma pequena tosse’”, disse ela.  

A festa decorreu conforme o planejado e, logo depois, mais membros da família começaram a adoecer do que viria a ser um evento super difundido. 

A festa de Natal da família leva a 18 membros infectados com Covid-19
Foto: (reprodução/internet)

Depois que a festa aconteceu, as pessoas começaram a ficar doentes com o que acabou sendo o Covid-19.

Reynolds continuou: “Estávamos doentes, mas não sabíamos que tínhamos Covid. Podíamos estar gripados, mas foi assustador.”

“Fizemos o teste e testamos positivo. E então meu marido testou positivo no dia seguinte. E então minha filha estava ficando doente e ela testou positivo e meu filho deu positivo.”

No total, 18 membros da família contraíram a doença mortal, com os infectados variando de um a 62 anos.

Leia também: A maioria dos sobreviventes do Covid-19 “ainda sofre os sintomas 6 meses depois”, revela novo estudo

Marido está internado e família ficou sem renda

O filho de Reynolds, Luke, e o marido, Stephen, acabaram no hospital, com Stephen sendo mantido internado e tratado nos últimos nove dias.

A festa de Natal da família leva a 18 membros infectados com Covid-19
Foto: (reprodução/internet)

A filha de Reynold, Joy Purdie, disse: “Ele está indo na direção certa; precisará de oxigênio quando voltar para casa.”

Enquanto Stephen está sendo tratado por Covid no hospital, e depois que seu caminhão quebrou, seu negócio – chamado Mini Movers – não tem renda e a família está lutando por dinheiro.

Lisa Riggin, que trabalha para J. Riggin Painting, viu a história da família no Facebook e decidiu agir, abrindo contas no Venmo e no PayPal para arrecadar dinheiro.

A festa de Natal da família leva a 18 membros infectados com Covid-19
Foto: (reprodução/internet)

Riggin disse: “O caminhão está parado há um mês e eles não têm renda e só não quero que percam a casa ou o negócio.”

“As pessoas estão doando, não tanto quanto eu gostaria, mas as pessoas estão respondendo. Tivemos um cara ontem à noite que doou US $ 500. Ele nem me conhece.”

Do jeito que está, Riggin arrecadou US $ 4.000 para ajudar a família Reynolds enquanto eles se recuperam da doença.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua 

Fontes: LadBible e Mail Online