A cura do câncer é ‘possível’ à medida que os cientistas descobrem uma maneira de parar a doença

ANÚNCIO

O ‘calcanhar de Aquiles’ do câncer foi descoberto por cientistas – aumentando as esperanças de uma cura.

É uma ‘porta’ que permite que os produtos químicos entrem e saiam das células. Fechá-lo parou a doença em seu caminho.

ANÚNCIO

Em experimentos, os tumores agressivos em camundongos diminuíram de tamanho – deixando o tecido saudável ileso.

Isso foi conseguido bloqueando proteínas chamadas ‘complexos de poros nucleares’ – grandes canais que regulam o fluxo de materiais para dentro e para fora do centro de comando de uma célula.

Veja também: Veneno de abelha pode matar células agressivas do câncer de mama rapidamente, afirma estudo australiano

Processo desacelera o câncer

O autor principal, Professor Maximiliano D’Angelo, do Sanford Burnham Prebys Medical Discovery Institute em La Jolla, Califórnia, disse: “Os complexos de poros nucleares são as ‘portas’ pelas quais todos os materiais passam para entrar no núcleo da célula.”

ANÚNCIO

“Como as células cancerosas estão crescendo e se dividindo rapidamente, elas precisam e criam mais complexos de poros nucleares do que as células normais.”

“Nosso estudo é o primeiro a demonstrar, ao bloquear a formação dessas ‘portas’ nucleares, podemos matar seletivamente as células cancerosas.”

Os pesquisadores o descrevem como um ‘calcanhar de Aquiles’. A descoberta ‘abre a porta’ para melhores tratamentos para as formas mais mortais.

Os tumores crescem e se espalham – ou metastatizam – por meio do transporte de moléculas através dos poros nucleares.

Tumores em ratos diminuíram

O estudo, publicado na revista Cancer Discovery, impediu o processo. A técnica do professor D’Angelo visa apenas células cancerosas em divisão – tornando-as seguras para humanos.

Sua equipe transplantou células tumorais humanas incapazes de formar complexos de poros nucleares em roedores de laboratório.

Três tipos diferentes foram usados ​​- melanoma, leucemia e câncer de intestino – que são conhecidos por serem especialmente dependentes dessas ‘portas’.

Os cientistas descobriram que todos os ratos tinham tumores menores – e crescimento mais lento.

O primeiro autor Stephen Sakuma, um estudante graduado no laboratório D’Angelo, disse: “Nós mostramos que a incapacidade de construir canais de poros nucleares é devastadora para células cancerosas de crescimento rápido.”

Câncer afeta hoje mais de 15 milhões de pessoas no mundo por ano
Foto: (reprodução/internet)

“Mas não parece ter um impacto nas células saudáveis ​​- que simplesmente interrompem seu crescimento e então se recuperam.”

Nossas descobertas fornecem uma importante prova de conceito de que essa abordagem pode levar a um novo tipo de tratamento contra o câncer, que pode ser especialmente benéfico para cânceres agressivos ou metastáticos que são difíceis de tratar.”

Agora que foi demonstrado que a abordagem funciona, os pesquisadores estão tentando encontrar uma droga que possa bloquear a formação de complexos de poros nucleares.

Medicamento ajuda a prevenir a resistência

As tentativas estão em andamento no Sanford Burnham Prebys – um dos centros de descoberta de medicamentos mais avançados do mundo sem fins lucrativos.

O professor D’Angelo disse: “Além de um dia ajudar as pessoas com cânceres difíceis de tratar, imaginamos que esse medicamento candidato possa ser usado para prevenir a resistência aos medicamentos, o que acontece quando os tumores adotam propriedades para resistir à terapia.”

“Os tumores teriam dificuldade em adotar um ambiente onde suas ‘portas’ fossem removidas, então esta droga pode ajudar certos tratamentos, como terapias direcionadas, a permanecerem eficazes por longos períodos de tempo.”

O câncer é a segunda maior causa de morte no mundo – atrás das doenças cardiovasculares. Em 2018, foi responsável por cerca de 9,6 milhões de mortes.

Globalmente, cerca de uma em cada seis mortes é devido ao câncer. A maioria ocorre em países de baixa e média renda.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua

Fonte: Mirror

ANÚNCIO