As 9 pedras preciosas mais raras que diamante

O diamante é conhecido como a joia mais cara do mundo por conta de sua durabilidade. Mas o que muita gente não sabe, é que o diamante é uma pedra bastante comum de se encontrar. Mas existem pedras em nosso planeta que são mais difíceis de se achar do que o diamante. Confira a coleção das gemas mais preciosas e raras do mundo:




9 - Painita

pedras-preciosas-raras-10-838x628

É um dos minerais mais raros do mundo. Em 2005, o Livro dos Recordes reconheceu a painita como a pedra preciosa mais rara do mundo, pois até este ano existiam menos de 25 cristais de Painita descobertos no planeta. Após 2005, novos cristais de Painita foram encontradas na região de Myanmar. Atualmente esta joia é considerada uma das mais raras do planeta.




8 - Alexandrita

download

Esta joia é famosa por suas propriedades ópticas que a fazem mudar radicalmente de cor de acordo com o tipo de luz que incide sobre ela. Sob a luz natural, ela é geralmente verde-oliva, mas sob a luz incadescente, ela se torna vermelha. E o mais impressionante é que essa mudança de cor independe do ângulo de visão do observador.

A Alexandrita pertence a família das esmeraldas, sendo umas das pedras mais caras do mundo. Ela pode ser encontrada nos Montes Urais na Rússia e no município de Antônio Dias em Minas Gerais.




7 - Tanzanita

pedras-preciosas-raras-8-838x558

Trata-se de uma gema popular e valiosa, principalmente por sua coloração e raridade (10.000 vezes mais raro que o Diamante). A tanzanita, assim como a Alexrandrita, pode variar de cor de acordo com a luz, passando de um azul, para um roxo ou um vermelho. É  encontrada quase que exclusivamente no sopé do Monte Kilimanjaro, e foi muito difundida nos EUA, pela grande empresa de jóias Tiffany & Co.




6 - Benitoíte

pedras-preciosas-raras-7

De um azul impressionante, sua cor torna-se incandescente sob a luz UV. Foi encontrada perto das águas do rio San Benito em San Benito County, na Califórnia.




5 - Grandidierite

pedras-preciosas-raras-5-838x631

Grandidierite é um mineral e uma gema extremamente raro que foi descoberto no ano de 1902 no Sul de Madagascar. Assim como a alexandrita e a tanzinita, o grandidierite também muda de cor de acordo com a luz, e pode transmitir as cores azul, verde e branca.




4 - Diamantes vermelhos

pedras-preciosas-raras-4

Os diamantes são comuns, mas não de todas as cores. Eles podem apresentar diferentes tons, e, por ordem de raridade, temos: amarelo, marrom, incolor, azul, verde, preto, rosa, laranja, roxo e vermelho.

Os diamantes vermelhos são muito difíceis de encontrar. Para se ter uma ideia, o maior diamante vermelho encontrado foi o Moussaieff Vermelho, que pesa cerca de 1 grama.




3 - Musgravite

pedras-preciosas-raras-3-838x466

Este mineral foi descoberto pela primeira vez em 1967 no sul da Austrália,

É uma das mais raras gemas na terra. Desde 2005, apenas oito espécimes desse mineral foram encontradas, e dessas, somente duas gemas foram lapidadas.




2 - Jeremejevite

pedras-preciosas-raras-2

Foi encontrada pela primeira vez em 1883, na Sibéria, e é dificilmente de se encontrar em qualidade de gema (grandes e claros o suficiente para serem cortados). Na foto o maior Jemerejevite lapidado atualmente.




1 - Berilo vermelho

pedras-preciosas-raras-1-838x765

Essa pedra também é conhecida como “bixbite”, “esmeralda vermelha” ou “esmeralda escarlate”. O Berilo verde é a conhecida esmeralda. Mas, a esmeralda vermelha, é uma gema extremamente difícil de se minerar de forma economicamente viável, por isso seu valor de mercado é muito elevado, custando cerca de 30 mil reais o quilate (0,2 gramas) de Berilo vermelho cortado.

Receba mais em seu e-mail
Topo