9 invasões de casas que deram errado

Nesta postagem, vamos conferir 9 casos de invasões de domicílio que deram errado para os invasores, ou ao menos, tudo deu certo para o morador. Confira:

 

1. A mulher da Geórgia que atirou em assaltantes que tentaram roubá-la

a99874_caught_on_camera__gwinnett_county_woman__0_6135437_ver1-0_640_360

Um vídeo de vigilância registrado no condado de Gwinnett, na Georgia, Estados Unidos, mostra uma mulher descarregando a arma em três homens que chutaram  sua porta da frente.

Os homens entram, armados. A polícia disse que eles estavam à procura de dinheiro quando encontraram seu destino. Enquanto o grupo trocava tiros, detritos voavam, e um homem atravessou a porta de vidro. Outro morreu próximo do carro ao tentar fugir

[youtube 3tip2JYla2g]

 

 

 

2.  O menino que se encontrou cara a cara com um ladrão em sua casa

a99874_1501427_630x354

Um garoto do sul da Flórida se escondeu em um banheiro enquanto um homem invadiu sua casa e revirou vários cômodos.

O vídeo de vigilância mostra o ladrão andando pela casa, recheando sua mochila com laptops, passaportes e jóias. Em um ponto, ele vê o menino e diz-lhe para voltar para seu quarto e ficar lá.

O menino chamou o 911, mas quando a polícia chegou, o homem tinha ido embora.

[youtube ixYPSHtUGSQ]

 

 

3. O invasor que deixou os cães trancados e disparou no proprietário

a99874_636117900727178009-almondo-martin

Almondo C. Martin, 29 anos, invadiu a casa de John Broderick em Detroit. Quando Broderick chegou em casa para almoçar, ele encontrou o ladrão usando pijamas e chinelos e segurando um par de óculos escuros. A polícia disse que ele se vestiu na casa e até mesmo trancou os cães do lado de fora

Após uma rápida discussão, Broderick procurou por sua pistola 9mm e percebeu que ela havia sumido. Imaginando que Martin estava com a arma, ele deixou a residência. Martin disparou vários tiros contra Broderick antes que ele chegasse à casa de um vizinho para ligar para o 911.

A polícia chegou e encontrou Martin no quintal, ele tentou convencer os policiais de que a casa era dele e que Broderick havia tentado matá-lo, mas que ele tinha desarmado-o com seus movimentos de faixa preta. Ele já havia sido acusado de tentativa de assassinato, invasão domiciliar de primeiro grau, roubo de armas de fogo, resistência e obstrução a um policial.

 

 

4. A criança de 10 anos que salvou seu irmão de 7 meses durante um assalto

a99874_baby

Quando um estranho tentou arrombar a porta e entrar em sua casa, uma garota de 10 anos agarrou seu irmãozinho e correu.

Ximena Lara, e seu irmão, Daniel, de 7 meses, escaparam de uma situação que poderia ter terminado tragicamente.

A garota ligou para o 911. Quando a polícia chegou, eles encontraram um homem andando no beco. Suas pegadas na lama combinavam com as impressões deixadas na porta. O suspeito, Vicente Araujo, enfrenta atualmente várias acusações no condado de Jackson, no Kansas.

 

 

 

5. O ladrão que pediu desculpas ao proprietário durante um roubo

a99874_intruderone

Kevin Cameron estava dormindo quando um ladrão entrou em sua casa à noite. “Eu ouvi ruídos, que me acordaram e eu podia ouvir as escadas rangendo”, disse ele.

Ao levantar e confrontar o homem, este lhe pediu desculpas e correu. Cameron o perseguiu no quintal mas acabou desistindo. Então ele entregou o vídeo à polícia e agora dorme com uma pá ao lado da cama.

 

 

 

6. O ladrão que foi parado por um garoto de onze anos com uma espingarda

a99874_lapeersheriffjpg-2af214e7deae487f

Uma garota de 11 anos usou uma espingarda para afastar um ladrão em Michigan, EUA.

James Wasson, de 54 anos, invadiu a casa, enquanto a menina se escondeu em um armário e agarrou uma espingarda (ela e seu pai são caçadores). Ela apontou a arma para o suspeito que fugiu da casa.

Wasson foi condenado, pela invasão de 18 domicílios, a 25 anos de prisão. Sua sentença inclui mais de US$ 10.000 em restituição às vítimas.

 

 

7. A atendente do 911 e o adolescente que se reuniram após uma invasão de domicílio

a99874_only-on-2

Farhan Arshad, 12 anos, estava sozinho em casa quando dois homens invadiram sua casa em Riverside, Califórnia. Ele se escondeu no banheiro do andar de cima e ligou para o 911.

“Estou ouvindo pessoas tentando abrir as janelas, e eu as vejo lá fora, as persianas estão fechadas”, disse ele à atendente Diane Howard. Ela disse ao menino para ficar em silêncio se os homens subissem as escadas, mas que ela estaria no telefone com ele. Alguns minutos depois, os dois homens subiram as escadas. Eles ficaram no telefone, em silêncio, por cerca de 20 minutos até que a polícia chegou.

Howard e Farhan encontraram-se em fevereiro de 2016. Farhan recebeu uma visita completa ao centro de expedição, e a dupla planeja ficar em contato.

 

 

 

8. A mulher quase nua que invadiu uma casa para brincar com o cão da família

a99874_trenton-home-invasion-drunk-woman-mug-shot_1477064687069_8218461_ver1-0_1280_720

A polícia disse que Stacey Lynn Fraser, 46 anos, entrou aleatoriamente em uma casa em Trenton, Nova Jersey, brincou com o cachorro da família e começou a cozinhar. Ela não tinha ideia de que havia um garoto de 10 anos no andar de cima.

O menino ligou para o 911 e disse que a invasora “parecia estar bêbada”. Ele pegou sua arma de chumbinho e se escondeu debaixo da cama. Enquanto isso, a mulher quase nua vestiu uma camisa de futebol e um tênis, depois foi para o quintal com o cachorro para pular no trampolim.

Fraser foi levada para a cadeia com a camisa de futebol, onde ficou presa por invasão doméstica de primeiro grau e teve a fiança fixada em US$ 50.000.

 

 

9. A adolescente cujo curso intensivo em segurança a ajudou durante uma invasão de casa

a99874_10419140_g

Caty Creed, de 12 anos, estava sozinha em casa quando viu um homem chegando.

Ele tocou a campainha – disse ela. “Eu apenas ignorei. Mas ele não saiu. Em vez disso, ele entrou pela porta da frente.”

Caty correu e se escondeu. Ela chamou seu pai, sua mãe e a polícia, e cuidou quando o ladrão entrou no quarto do pai. Quando ele estava fora de visão, ela se levantou, abriu a porta, correu e se escondeu atrás de uma parede.

O ladrão ficou com cerca de US$ 2.000 em itens, mas Caty sobreviveu sem um arranhão. Por sorte, recentemente ela tinha entrado em um curso de Segurança Feminina.