Minilua

As 8 piores contratações da história do Barcelona

Quem vê o atual elenco do Barcelona, nem imagina que o clube já errou feio na hora de contratar seus reforços. Necessariamente não são jogadores “pernas de pau”, mas sim transferências que custaram caro e normalmente não deram certo.

A maioria dos jogadores que integram a lista possuem renome mundial e são capazes de jogar em praticamente todos os clubes do planeta, no entanto por algum motivo, suas passagens pelo Barcelona não deixaram saudades aos diretores e principalmente, a torcida. Confira abaixo as 8 piores contratações do time catalão.

 

1. Ibrahimovic (-63 milhões)

Não precisa nem comentar sobre o atacante, visto que é considerado um dos melhores do mundo. Infelizmente sua passagem pelo Barcelona não foi positiva, bastante diferente do sucesso que o sueco tem feito com a camisa do Paris Saint German.

 

2. David Villa (-34,9 milhões)

Em ótima fase no Valencia, Villa chamou a atenção do Barcelona e acabou sendo comprado pelos catalães. A passagem do jogador espanhol pelo clube não foi boa e ele acabou vendido para o rival, Atlético de Madrid. Atualmente está no New York City dos Estados Unidos.

3. Henrique (-16,5 milhões)

Atualmente no Napoli, o brasileiro Henrique passava por grande fase no Palmeiras. Comprado pelo Barcelona, o zagueiro fez apenas uma única partida pelo clube espanhol e acabou emprestado para o Bayer Leverkusen.

4. Hleb (-15 milhões)

Após ótimas atuações pelo Arsenal, Hleb se transferiu para o Barcelona. Com poucos jogos e atuações apagadas, o bielorrusso foi logo emprestado ao Stuttgard. Atualmente está no Gençlerbirliği da Turquia.

5. Keirrison (-14 milhões)

Uma vez disseram que ele jogava muita bola e o Barcelona acreditou. Foi muito mal na Espanha e atualmente é terceiro reserva no Coritiba.

6. Cáceres (-13 milhões)

O uruguaio é atualmente um dos principais jogadores da Juventus, no entanto sua passagem pelo Barcelona foi extremamente apagada.

7. Chigrinsky (-10 milhões)

Considerado o melhor zagueiro do mundo em 2009, Chigrinsky era ídolo no Shakhtar Donetsk, no entanto sua temporada no Barcelona foi bem fraca e o jogador acabou voltando para a Ucrânia.

8. Maxi López (-4 milhões)

Com passagens pelo Grêmio e atualmente no futebol italiano, o argentino Maxi López ficou mais conhecido no Barcelona por suas aventuras fora das quatro linhas.

<-- /home/edenilson/web/minilua.com/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/8-piores-contratacoes-historia-barcelona/amp/index.html //-->