8 coisas mais malucas já encontradas na natureza

Qual é a coisa mais estranha que você já viu na natureza? Um bicho diferente? Um peixe muito bizarro? Algum animal raro? Uma tempestade com cores nada típicas? Pois bem, saiba que com o post de hoje você irá aumentar a sua lista, afinal, o que mostraremos a seguir são algumas das coisas mais malucas e estranhas já ocorridas na natureza, confira:




Círculos de colheita submarinos, Japão

plantação submarina

Esse fenômeno é feito por baiacus machos quando batem suas barbatanas contra o solo e acabam formando algo como se fosse uma área de plantio.




O sol negro, Dinamarca

sol negro

Durante a primavera, centenas de estorninhos, um tipo de pássaro, voam juntos e formam o que ficou conhecido como sol negro.




Árvores de teia, Paquistão

Árvores de teias

Durante o período de enchentes, as aranhas fogem para as árvores, e o resultado são árvores revestidas por suas teias.




Cabelo de gelo

Cabelo de gelo

Pode ser difícil de acreditar, mas o que você está vendo é água congelada, a qual assume essa forma devido a bactérias que estão na superfície da árvore.




Cachoeira submarina, Mauritius

cachoeira submarina

Na verdade, o que temos aqui é uma cachoeira de areia que dá a impressão de ser uma cachoeira.




Raios vulcânicos

raios vulcanicos

Juntamente de lava e de fumaça, durante uma erupção também são liberadas diversas partículas elétricas que podem causar uma tempestade de raios.




O deserto florescente, Chile

desrto florescente

Neste deserto único, o deserto de Atacama, ocorre um fenômeno em que diversas flores e plantas crescem após uma chuva intensa, o que pode ter intervalos de anos.




Lava azul, Indonésia

lava azul

Às vezes, os gases sulfúricos entram em combustão quando são expelidos através de fissuras devido à alta pressão e temperatura, o que resulta no brilho azul.

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo
<-- /home/minilua/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/8-coisas-mais-malucas-ja-encontradas-na-natureza/index.html //-->