75 anos depois, um casal suíço desaparecido é encontrado

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Acredite ou não, um casal que vagou pelos Alpes gelados há 75 anos foi encontrado recentemente.

Em 15 de agosto de 1942, o sapateiro Marcelin Dumoulin e sua esposa Francine, professora, fizeram uma caminhada no glaciar Tsanfleuron para alimentar seu gado.

Hoje, a geleira atinge 8.580 pés acima do nível do mar e seu terreno é igualmente acidentado e frio.

Foi essa montanha gelada que tirou a vida, deixando para trás sete filhos, apenas para ser encontrada depois que quase todas essas crianças já haviam morrido.

Swiss couple

Um funcionário de um resort de esqui encontrou os corpos de Marcelin e Francine perto de um teleférico para o Les Diablerets Resort. Trancados em um abraço, seus pertences e pele foram bem preservados pelo frio.

A polícia conseguiu facilmente datar os corpos graças às roupas da época da Segunda Guerra Mundial, mas foi necessário mais testes de DNA para provar que eles realmente eram os pais de Marceline Udry-Dumoulin e seus seis irmãos.

À medida que as geleiras derreter,am descobertas como essa se tornaram mais comuns nos Alpes. O gelo derretido chegou a revelar um livro carregado pelo casal suíço.

Swiss couple

A polícia também descobriu um relógio de bolso congelado. Entre outros pertences encontrados, uma garrafa de vidro da era da Segunda Guerra Mundial.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ripleys