7 maneiras com as quais o seu próprio cérebro te engana

O nosso cérebro é responsável por controlar todo o nosso organismo, mas, do mesmo modo que ele molda nosso humor, decisões e por aí vai, ele também pode nos enganar de diversas maneiras e a seguir você pode conferir 7 delas:




Hipnogagia

Você pode nunca ter ouvido falar nesse nome, mas certamente já a teve: são alucinações quando você está quase dormindo, algumas pessoas veem coisas, mas o mais comum é você ouvir coisas.




Embriaguez de sono

O nome é muito sugestivo, afinal, quando você fica muito cansado e com sono, você fica com sintomas muito similares aos de alguém embriagado, sem falar que se você dorme muito mais do que está acostumado, isso também acontece.




Memórias falsas

Mesmo o cérebro sendo tão potente como ele é, muitas vezes ele falha em absorver todo o conteúdo ao seu redor e isso acaba gerando algumas memórias falsas ao tentar preencher as lacunas que não foram absorvidas.

Para você ter uma ideia, em um estudo, os pesquisadores conseguiram convencer uma mulher de que ela havia se perdido em um shopping quando era criança, ela até mesmo deu detalhes de “quando se perdeu”, e não aceitou a ideia de que tudo aquilo era uma experimento, a não ser quando seus pais confirmaram que ela nunca havia se perdido em um shopping.




Dor simpática

É aquela dor que você sente, por exemplo, quando alguém fala que acabou de bater o dedinho do pé em alguma quina, você meio que relembra da dor e acaba tendo um pouco de sua sensação.




O efeito GPS

Usar o GPS constantemente meio que nos deixa mais burros, nós temos naturalmente um sistema GPS dentro de cada um de nós, tanto que lembramos e fazemos diversos caminhos conforme a necessidade.




Earworms

Literalmente traduzindo, trata-se de uma “minhoca no ouvido” isso porque o seu cérebro fica remoendo na sua cabeça a mesma melodia - geralmente - diversas vezes, como um efeito chiclete, é como se o cérebro ficasse em um loop e não conseguisse avançar para o final da música por não lembrar o que vem depois da parte que ficou na sua cabeça.




Saciedade semântica

Quando falamos qualquer palavra, nosso cérebro busca seu significado em uma de suas áreas, mas quando você repete uma palavra várias vezes, torna-se um pouco mais difícil de recobrar o seu significado e a acaba confundindo com alguma outra coisa.

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo
<-- /home/edenilson/web/minilua.com/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/7-maneiras-com-as-quais-o-seu-proprio-cerebro-te-engana/index.html //-->