Minilua

3 guerras com os motivos mais toscos de todos os tempos

As guerras geralmente são motivadas por disputas territoriais, quebra de tratados, disputas por poder, mas algumas delas começam por motivos banais.  Iremos citar 3 dessas guerras. Vale lembrar que todos saem perdendo com as guerras, ganha uma guerra aquele que sofre menos perdas, então todos perdem.

1. Guerra dos 335 anos

Essa guerra durou 335 anos e não houve nenhuma morte

Essa guerra é considerada a mais longa da história travada entre os Países Baixos e as Ilhas Scilly, ela durou 335 anos sem ter havido um disparo. Tendo seu começo em 1651 sem quaisquer motivo aparente, ela não foi levada muito a sério, sendo até esquecida. Quando três séculos depois, ambos concordaram em assinar trégua. Por incrível que pareça nessa guerra não houve mortos.

2. Guerra do Paraguai

Uniformes da cavalaria e infantaria do exército paraguaio.

Para mim, essa foi uma das mais toscas. Esse foi o maior conflito armado internacional, ocorrido na América do Sul. Francisco Solano Lopez, então presidente do Paraguai, era um fanático admirador de Napoleão Bonaparte, se considerava um grande comandante tático, assim como Napoleão. Mas para ter a mesma glória que ele, faltava somente uma guerra. Então em 1864 ele declarou guerra ao Brasil, Argentina e Uruguai. Isso foi um grande tiro no pé, que resultou na morte de 400 mil homens e na quase erradicação do país no mapa.

3. A guerra do porco

A única vítima dessa guerra foi o coitado do porco

Você vai rir bastante dessa. Após um membro da infantaria Britânica atirar em um porco que andava no território americano a milícia local ficou furiosa e declarou guerra, esperando a infantaria britânica na fronteira. O exército inglês se desculpou pelo ocorrido e a ameaça de guerra cessou. Essa guerra durou cerca de 4 meses e o “único” morto foi o porco.

<-- /home/minilua/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/3-guerras-com-os-motivos-mais-toscos-de-todos-os-tempos/amp/index.html //-->