17 lindos animais pintados pela própria noite

Se há algo que nunca deixa de nos surpreender, são os truques da natureza. Um exemplo perfeito é o melanismo: um fenômeno que dá aos animais uma coloração muito mais escura do que a dos seus semelhantes.

Nós do Minilua coletamos 17 fotos provando que o preto se adapta absolutamente a qualquer situação.

Os lobos existem frequentemente nas cores cinza, branco cinzento, ou na coloração marrom claro. Os lobos melanísticos são muito menos comuns.

© Wikimedia Commons

Este galo parece ser o fruto da imaginação de alguém, mas é real.

O serval é um dos 12 felinos propensos ao melanismo.

A coloração deste jaguar é um exemplo de mutação incompleta.

Uma girafa como você nunca viu antes.

Melanismo é geralmente associado com o processo de adaptação às condições ambientais, mas há exceções, como no caso deste flamingo.

Este é um belo exemplo de um pinguim real.

O Bambi poderia ser assim.

Este exemplos de melanismo prova que ele não existe apenas na natureza selvagem, e este Spitz alemão prova isso.

Este fenómeno não causa qualquer dano aos corpos dos animais.

Se os animais de uma coloração mais escura são mais viáveis ​​do que os de coloração mais claras, as mudanças podem ser captadas pela seleção natural.

Então eles aparecerão novamente na próxima geração.

Temos que admitir que essa mutação parece fantástica.

Ao longo do tempo, as pessoas têm encontrado novos casos de melanismo em espécies que não tendem a ela anteriormente.

Para os répteis, a cor negra desempenha um papel fundamental: sua pele reflete mal a luz, ajudando a manter melhor o calor.

Então, a natureza definitivamente tem uma razão para tudo.

Mesmo para um peixinho dourado que de repente se tornou preto!

No entanto, infelizmente, os leões melanísticos não existem. Esta é uma manipulação de fotos que se tornou generalizada e ainda engana muitas pessoas.

Fonte: Brightside

Receba mais em seu e-mail
Topo