10 hábitos higiênicos desagradáveis ​​da Idade Média.

O mundo está em constante evolução. Neste sentido, a higiene é um dos aspectos que melhoraram marcadamente desde a antiguidade até hoje.

Nos tempos medievais, por exemplo, os conceitos de limpeza e maneiras eram totalmente diferentes. Aqui apresentamos 10 práticas diárias da Idade Média.




1) Coberto? Para que?

A grande maioria das pessoas não se importava com o uso de talheres. O costume era comer com as mãos, que nem sequer lavavam antes das refeições. Além disso, a comida foi servida em pratos sujos. Este costume só começou a mudar com o surgimento da classe média em Amsterdã no século XVIII.




2) Uma maneira estranha de banhar-se.

Não havia banheiras privadas. As banheiras eram comuns e a pior: a água era constantemente reutilizada. Dito isto, você pode imaginar porque as pessoas simplesmente se banham uma vez por ano.




3) Lavar as roupas? Hmmmmm … eu não penso assim.

Eles também costumavam lavar a roupa apenas uma ou duas vezes por ano e, como a questão do banho, havia uma razão pela qual eles geralmente não lavavam suas roupas. O produto de limpeza mais comum foi uma mistura de água do rio, urina e refrigerante cáustico. Como você pode imaginar, isso deixou a roupa com um cheiro muito forte e fedorento.




4) O pote da câmara.

As necessidades foram feitas neles e geralmente foram colocadas sob a cama ou em um dos quatro cantos para não ter que se mover pela “casa” durante a noite. Imagine como esse mictório seria durante as manhãs.




5) Papel higiênico? Não conte com isso.

Algumas pessoas usaram suas mãos para fazer “trabalho sujo” na época medieval. Uma exceção, não menos repugnante, eram os romanos que tinham esponjas comunitárias. Muitas outras pessoas usaram folhas grandes e macias para essa função.




6) Eles usaram flores como purificadores de ar.

Na Idade Média, quase tudo feriu por falta de limpeza e higiene. A solução era usar as flores para esconder o fedor dos ambientes domésticos.




7) Os penteados das pessoas também costumavam feder.

Muitas vezes as pessoas usavam perucas feitas de gorduras animais que deram um odor nauseante.




8) Acessórios de beleza incomuns.

A maquiagem também trouxe elementos muito desagradáveis ​​na Idade Média. Um dos itens mais interessantes, por exemplo, eram sobrancelhas falsas. Esses acessórios foram feitos de abas de pele de ratos peludos.




9) As sanguessugas sempre foram um “ótimo” medicamento.

Junto com mercúrio, as sanguessugas eram alternativas medicinais recomendadas pelos médicos. Eles foram quase sempre a solução para dor de cabeça e desconforto no estômago.




10) Eles curaram suas feridas de uma maneira muito particular.

Com tanta sujeira, você pode imaginar o dano que pode ser um simples corte em qualquer parte do corpo. Poderia ser a fonte de um festival de infecções. Para evitar maiores riscos, a solução medieval foi cauterizar a ferida com um ferro quente. Fonte

Receba mais em seu e-mail
Topo
<-- /home/minilua/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/10-habitos-higienicos-desagradaveis-%e2%80%8b%e2%80%8bda-idade-media/index.html //-->