A canção “She Bop”, co-escrita por Cindy Lauper, causou muita controvérsia nos Estados Unidos, em 1984, devido ao conteúdo de sua letra. Apesar de nunca tratar diretamente do tema, a canção usa diversos eufemismos para abordar o assunto “masturbação”, inclusive brincando com a crença popular de que a masturbação leva à cegueira.

Esta foi uma estratégia utilizada por Lauper e pelos outros compositores para que a canção não fosse banida e pudesse tocar livremente pelas rádios do país, e de fato, a canção alcançou o primeiro lugar na parada norte-americana.

A controvérsia começou assim que o comitê Parents Music Resource Center (PMRC), formado por esposas de deputados, protestou para que alguma medida fosse tomada para a censura musical no país, organizando uma lista com as quinze canções que consideravam as mais imorais. A décima quinta na lista era justamente “She Bop”, que aparecia sob a acusação de promover a masturbação. Mais tarde, por pressão do PMRC, a Recording Industry Association of America adotou o selo “Parental Advisory - Explicit Content” (“Aviso aos pais - Conteúdo explícito”) em discos e compactos com conteúdos considerados impróprios para menores de idade.

do-1980s-makeup-800X800Lauper causa controvérsia quando fala sobre a canção em entrevistas. Certa vez, disse que queria que as crianças pensassem que a canção fosse sobre dançar e que assim que fossem crescendo iriam começar a entender o sentido real da canção. Outra vez, no programa de Howard Stern, disse que gravou a canção completamente nua.

No videoclipe, Lauper aparece como líder do movimento de libertação sexual num local onde todos os jovens sofrem lavagem cerebral através de uma grande cadeia de sanduíches - uma mistura de McDonald’s e Burger King. Em adicional, também faz inúmeras referências ao tema da masturbação em cenas como a da “moto que vibra”, do “masterbingo” e do posto de gasolina “self-service” (“auto-serviço”).





She Bop (Ela Toca)

We-hell-I see them every night in tight blue jeans-
É, nossa, eu vejo eles toda noite de calça jeans apertado

In the pages of a blue boy magazine
nas páginas da revista sobre garotos…

Hey I’ve been thinking of a new sensation
Ei! Tenho pensado em uma sensação nova

I’m picking up-good vibration-
Estou tomada por uma vibração boa

Oop-she bop-
Opa, ela toca

Do I wanna go out with a lion’s roar
Devo ir como um rugido do leão?

Huh, yea, I wanna go south n get me some more
Hum, sim, quero ir pro Sul e pegar algo mais

Hey, they say that a stitch in time saves nine
Ei, eles dizem que uma pontada na hora salva nove

They say I better stop-or I’ll go blind
Eles dizem que devo parar ou irei ficar cega

Oop-she bop-she bop
Opa, ela toca

She bop-he bop-a-we bop
Ela toca - ele toca - ah - nós tocamos

I bop-you bop-a-they bop
Eu toco - você toca - ah - eles tocam

Be bop-be bop-a-lu-she bop,
Toque você, toque você

I hope He will understand
Eu espero que ELE entenda

She bop-he bop-a-we bop
Ela toca - ele toca - ah - nós tocamos

I bop-you bop-a-they bop
Eu toco - você toca - ah - eles tocam

Be bop-be bop-a-lu-she bop,
toque você- toque você- ela toca

Hey, hey-they say I better get a chaperone
Ei Ei, eles dizem que é melhor acabar com isso

Because I can’t stop messin’ with the danger zone
Porque não consigo parar de mexer com a zona de perigo

No, I won’t worry, and I won’t fret-
Não, não me preocupo, e não me irritarei,

Ain’t no law against it yet-
Não há lei alguma contra isso ainda

Oop-she bop-she bop-
Opa, ela toca - ela toca…