VideogamesOs mais "bisonhos"...TrailerVocê é capaz...Os melhores cosplayers...SupermanSaint SeiyaPublicidades para jogos...ThundercatsSaint Seiya Online...Vazam na internet...Top musas do...Os segredos por...Tudo o que...PokémonTudo que você...Os videogames mais...Os melhores bugs...
Aguarde alguns segundos...

Nunca deixe de jogar… 

* Esta matéria faz parte de uma série com 2 matérias na mesma temática. Clique aqui para ver todas.

evolution-of-a-gamer-01

Quem nunca teve vontade de passar um dia inteiro jogando – ou mais – mas não pôde por causa de seus estudos ou serviços?

Com o aumento do número de games e de sick-gamerplataformas, um empecilho surgiu para não somente estudantes, mas também para profissionais: a falta de tempo para jogar.

Só que conciliar os games com sua vida profissional é mais simples do que parece.
Que beleza seria poder jogar sem nenhuma preocupação… Mas já que, cedo ou tarde, surgem compromissos e obrigações, isso se torna impossível.

A não ser que você faça como o clínico-geral Carlos Leonardo Cruz, conhecido também como Levin.

Ele é um médico de trinta anos de idade que joga desde criança, e que também já jogou profissionalmente quando cursava a faculdade de medicina, mas, por causa dos estudos, ele foi obrigado a dar um tempo nos jogos.

208970-400x215-1

Mas sem abandoná-los: depois de terminada a faculdade, ele voltou a jogar, com menos tempo, claro – duas horas por dia de segunda a sexta – porém, foi com esse tempo que Levin chegou à final mundial do campeonato de Starcraft 2. De todos os competidores, somente ele não é profissional dos games.

Quando Levin precisa de tempo para praticar devido a campeonatos, ele troca horários com colegas ou, até mesmo, trabalha dobrado quando sabe que irá precisar de algumas horas a mais.
Quanto à sua vida pessoal, Carlos está noivo, mas sempre arranja tempo para ficarem juntos.
A solução, portanto, é mais fácil do que se pensava. Não precisamos abandonar nenhum dos dois, podemos muito bem conciliar ambos, mas sem nos esquecermos de que cada um tem um horário certo.

E aí, que tal nunca abandonar seus jogos preferidos?

Me adicione no Facebook: Nandy Martins

Você recomendaria esta matéria? Não Sim ou Deixar comentário
Outras partes da série:

Publicado em 15 de novembro de 2012 por Nandy Martins em "Animes, Games e Filmes". Encontrou um erro? Clique aqui. Editar
Reaja! Comente!  




 



Iniciando...