Passar fome é uma das piores coisas que pode nos acontecer, mas matar a fome é uma das coisas mais gostosas que existem no mundo! Por isso vamos conhecer alguns fatos curiosos sobre essa sensação:




Fome e as proteínas

comida-insetos

A ONU (Organização das Nações Unidas) acredita que incluir insetos na alimentação será indispensável para o fim da fome no planeta. Além disso, muitas desses animais são fontes incríveis de proteína. Uma lagarta pode ter mais proteína que um belo bife.




Combustível novo

13

Uma pessoa que passa muitas horas sem comer pode sofrer com dores, devido a movimentos intestinais. Caso a falta de alimentação se prolongue por muito tempo, o corpo pode até mesmo mudar seu “combustível”, assim, em vez de usar glicose, ele passa a queimar ácidos graxos. Por fim, depois de alguns dias, ele inicia o processo de queima de proteínas. Nesse estágio o corpo está, praticamente, se comendo.




Gorduras e porcarias

caveman-456me-1212010

Pode até parecer algo louco, mas nosso constante desejo de comer guloseimas e comidas gordurosas vem da época em que os humanos ainda viviam nas cavernas. Naquele tempo, o ser humano não sabia quando seria sua próxima refeição, por isso precisava comer muito para guardar energia. E nada melhor do que comidas gordurosas e doces para criarem uma reserva energética.

Isso, com o passar do tempo, foi criando uma vontade natural por esse tipo de comida, afinal essa alimentação era importante para sobrevivência em tempos de escassez, só que agora, com o fácil acesso a comida, isso se tornou um grande problema.




Pensar na comida

05249771dedc1aeae129b78d925b3af6

Uma estudo realizado em 2007 revelou um fato bem curioso: Pensar em comida pode ajudar a emagrecer. A pesquisa observou várias mulheres por um período, onde algumas tinham que pensar muito em chocolate e outras deviam evitar esse tipo de pensamento.

No final, as pessoas que menos pensavam na delícia, acabaram consumindo muito mais chocolates que as outras. Por isso a melhor maneira de evitar uma comida, pode ser pensar muito nela.

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: //www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: //www.facebook.com/groups/188760724584263/