Carregando...      
Categorias »  Curiosidades · Humor · Animes, Games e Filmes · Música · Assustador · Nostalgia · Religião · Adulto +18
Sobre o Minilua Parcerias Contato
Aguarde alguns segundos...

3 A história da música jamaicana

* Esta matéria faz parte de uma série com 3 matérias na mesma temática. Clique aqui para ver todas.

A música jamaicana é basicamente influenciada pela história e cultura do povo da Jamaica. A ilha tem uma história rica e diversificada, e é a terceira maior ilha do Caribe. 

Nos anos depois da chegada de Colombo, os colonizadores espanhóis começaram a fazer o seu caminho para a ilha. Os espanhóis trouxeram escravos Africanos, porém após a saída dos espanhóis as populações de ex-escravos permaneceram. Mais tarde, os britânicos estabeleceram uma colônia na ilha, trazendo mais escravos Africanos com eles.

A Jamaica se tornou um grande transatlântico centro de comércio de escravos, e foi também fortemente envolvida na produção de cana. As concentrações de negros se estabeleciam em pequenos acampamentos pela ilha. Eles construíram cidades e aldeias estabelecendo uma cultura única para a ilha, influenciada não apenas por sua própria história como escravos, mas também pelas raízes de diversidade étnica e cultural de seus antepassados Africanos.

Quando o Império Britânico em 1832 aboliu a escravidão, os ex-escravos jamaicanos se juntaram a seu povo livre como uma população de cidadãos jamaicanos. A contínua entrada de novos escravos da África e outras partes do mundo durante o período colonial, tiveram uma influência significativa sobre as tradições, cultura, arte, linguagem e música da Jamaica também.

A influência da música jamaicana é aparente. Os ritmos comuns na música reggae são definitivamente AfricanoS também. A maioria das músicas jamaicanas são em uma língua crioula ou forma de Inglês pouco conhecida como patois, que contém elementos de ambas as várias línguas Africano e Inglês.

 

Há influências europeia na música da Jamaica também. Durante o período da escravidão na Jamaica, os escravos eram obrigados a executar a música europeia de seus senhores, faziam bandas tradicionais de valsas europeias e músicas de dança. Estes estilos estão presentes na música folclórica da Jamaica. A influência europeia era muito forte nas composições da Jamaica até meados do século 20, quando a Revolução Cultural da Jamaica empurrou esses novos elementos para a história da cultura da ilha, abrindo caminho para novas e mais originais formas de música genuinamente jamaicano. É algo semelhante ao calipso de Trinidad. A música tem elementos Africanos e Europeus e incorpora bateria, guitarra, banjo, e a caixa de rumba. As letras são sobre temas intrigantes e obscenos, incluindo questões políticas e sociais.

No início de 1960, surgiu um novo gênero conhecido como Ska. Ska é comovente, repleto de canto harmonioso, ritmos e dança, com canções frequentemente compostas sobre o tema do amor.

O estilo mais lento da Rocksteady era um pouco semelhante à música Ska, embora muitas vezes não incluia uma seção de metais. Ele desacelerou as batidas encontradas em Ska e existia como um único gênero da música jamaicana por um curto período de tempo no final dos anos 1960, evoluindo rapidamente para o que é o reggae.

Reggae surgiu como uma nova forma de música jamaicana nos anos de 1960 e desde então se tornou um marco cultural. A música rejeita muitas das influências europeias e americanas e propositadamente tenta reconstituir os sons, instrumentos e estilos de música tradicional Africana.

Quando se tornou um gênero de música na década de 1960, ele assumiu uma curva muito política, com uma revolução cultural ocorrendo simultaneamente. O rastafarianismo jamaicano foi procurado para fortalecer a cidadania através da música. A ênfase foi colocada nas raízes Africanas e no patrimônio exclusivamente jamaicano para incutir auto-orgulho do povo da Jamaica.

A história da música jamaicana não termina com o reggae tradicional. Em vez disso, a música de reggae inspirou um estilo de dança da música que se tornou popular na década de 1970 e continua a ser muito presente na cultura jamaicana hoje. Este estilo é muitas vezes referido como Dancehall Music, porém em anos mais recentes se transformou em música Bashment que é um gênero cada vez mais irritado e violento.

Bashment, o modernizado reggae reflete as condições de violência e má situação econômica da ilha, e é semelhante em muitos aspectos, ao mais lírico-explícito, gangster rap ao estilo dos Estados Unidos.

A música jamaicana tem influenciado outros estilos em todo o mundo. Há muitos grupos norte-americanos e britânicos que incorporaram mento ska, reggae e outros estilos em suas músicas. Reggae é também muito popular na África e tem se tornando cada vez mais popular em outras partes do mundo, bem como, incluindo a emergência improvável de Reggae de Israel na última década.

 

Adaptado de piquantery

Não esqueça de avaliar SEMPRE. O que você achou desta matéria?
Não gostei Sim, gostei
Outras partes da série »

Publicado em 19 de dezembro de 2010 (4 anos atrás)

Próxima matéria » + CuriosidadesNota: 10

Publicado em 19 de dezembro de 2010 (4 anos atrás) por Gerusa Luiz em "Curiosidades". Encontrou um erro? Clique aqui. Editar
 
oO, esse artigo foi limbado, que falta de respeito com os Jamaicanos!!!
Augusto Andrade · Responder · Curtir
Reaja! Comente!  




 



Iniciando...