tumblr_lvcet0QaC41r122ldo1_1280

As polêmicas declarações do deputado Marco Feliciano (PSC-SP) podem acabar na justiça.

O pai do vocalista Dinho, da banda Mamonas Assassinas, morto em 1996, irá processar o deputado por danos morais, por causa da afirmação de Feliciano que "Deus teria matado o grupo".

Marco Feliciano, que ocupa atualmente a presidência da Comissão dos Direitos Humanos e Minorias (CDHM), é conhecido por declarações e conceitos polêmicos.

No vídeo abaixo, o deputado diz "O avião estava no céu, região do ministro do juízo de Deus. Lá na Serra da Cantareira, ao invés de virar para um lado, o manche tocou pra outro. Um anjo pôs o dedo no manche e Deus fulminou aqueles que tentaram colocar palavras torpes na boca de nossas crianças", fazendo referência ao acidente que matou a banda.

Hildebrando Alves Leite, pai de Dinho, em entrevista disse que considera um "absurdo as afirmações feitas pelo deputado contra os integrantes da banda, conhecida pela irreverência em suas apresentações", e que irá entrar com processo por Brasília.

"Ele foi infeliz nessas declarações, não soube se colocar. Não tenho nada contra ele, mas ele tem que saber o que fala", finalizou Hildebrando.

Adaptado de O Dia