Nação da Música As mais lindas...Taras sexuaisFetiches inusitadosLindas mulheres na...Action Figures para...Quando um logo...É homem ou...As mais gatas...Pornô de um...Como seriam as...Mulheres de peito30 belos motivos...Mulheres no banhoVersões pornôs de...As versões pornô...Mulheres tatuadasMulheres e cervejaTatuagens íntimas
Aguarde alguns segundos...

Aumentar o ponto G garantiria maior satisfação?

52

* As matérias da categoria "Adulto" podem conter nudez total e conteúdos de teor erótico ou mesmo pornográfico. Se você não deseja ver este tipo de conteúdo ou possui menos de 18 anos, por favor, clique aqui para ler outro artigo.

pontg

Os homens estão cansados de procurar o tão mitológico ponto-G, aquele pontinho que existe sim, mas é tão difícil de ser descoberto!

Muitos autores desenharam diversos mapas, escreveram muitos livros que prometem esclarecer qualquer dúvida a respeito do PG, mas poucos leitores conseguiram encontrar.

E agora a ciência se propôs a ajudar nessa busca através de uma intervenção que consiste em injetar colágeno no ponto G, com intuito de aumentá-lo e ajudar os casais a localizarem-no com maior facilidade.

A técnica já é realizada desde 2007, oferecida pelo Instituto de Rejuvenescimento Vaginal de Los Angeles, a tal injeção foi apelidada de G-Shot e está fazendo muito sucesso com a mulherada de lá, embora ninguém saiba exatamente onde o pontinho se esconde, fica a questão: De qual artifício os médicos se utilizam para encontrar e aplicar o produto exatamente nesse local tão inusitado? Enfim, eles devem ter seus meios de busca.

Para quem se interessou, a aplicação custa 1000 dólares e tem vida útil de quatro meses… Imagine só, quatro meses sem sofrimento, mapas, buscas, frustrações! Será que vale a pena desembolsar?

E a pergunta que não quer calar: “funciona mesmo?”

Pois bem, considerando que cerca de 87% das duas mil mulheres que receberam a G-Shot ficaram satisfeitas, já dá pra ter uma ideia se funciona ou não.

Infelizmente aqui no Brasil a Anvisa ainda não aprovou esse método, mas isso não significa que a injeção não chegue por aqui algum dia.

E se caso essa novidade fosse aprovada, será que as brasileiras arriscariam experimentar esse novo “tipo de prazer”?

Se você gostou, curta e compartilhe!

 

Não deixe de recomendar e espalhar este post para seus amigos!

Para me adicionar no Facebook, só clicar abaixo!

 

Aline Santos

Você recomendaria esta matéria? Não Sim ou Deixar comentário

Publicado em 25 de outubro de 2012 por Aline Santos em "Adulto". Encontrou um erro? Clique aqui. Editar
 
G point
Anônimo · Responder · Curtir
Reaja! Comente!  




 



Iniciando...